in

Com medo da mulher, homem fica 3 dias com garrafa no reto e é enviado para clínica psiquiátrica

Ele foi levado pela esposa para o hospital depois de passar três dias com o objeto alojado no ânus.

Reprodução: O Liberal

Encontrar objetos estranhos no corpo humano não deveria ser algo comum, mas os médicos acabaram descobrindo um objeto curioso alojado no ânus de um homem de 50 anos. O homem procurou o hospital pois estava angustiado com as fortes dores que estava sentindo.

Publicidade

Ele ficou três dias com a garrafa no reto

Segundo informações, o homem de meia-idade é casado e estava se queixando para a esposa de sintomas como constipação, falta de apetite e dor no estômago. A esposa achou estranho que seu marido estivesse com esses sintomas, pois ele não estava doente. O que ela não sabia é que havia uma garrafa de 250 ml alojada no ânus de seu marido.

Publicidade

Após mais de 72 horas (3 dias), o homem não aguentou e decidiu procurar ajuda médica. Ele estava aguardando para ver se o objeto sairia naturalmente, mas isso não foi possível. Ao chegar ao hospital, os médicos realizaram uma tomografia que constatou a presença da garrafa. 

Publicidade

Gosta de música? Ouça clássicos das décadas de 70, 80 e 90 agora mesmo | CLIQUE AQUI

Publicidade

Ele precisou ser operado

Publicidade

O caso dele era grave, já que o fundo da garrafa estava entrando em seu cólon. O gargalo da garrafa estava a aproximadamente 10 mm da abertura do ânus. Os médicos que relataram o caso ao Clinical Case Report contaram que o constrangimento e o medo da esposa, já que ela aparentemente não estava envolvida na fantasia sexual do homem, fizeram com que ele escondesse a verdade sobre sua situação.

Após os exames, ele foi encaminhado para cirurgia e felizmente conseguiram retirar a garrafa sem haver nenhum dano aos órgãos do homem, que ficou 5 dias internado, sendo liberado com um encaminhamento para uma clínica psiquiátrica, já que os médicos observaram traços de depressão.

Publicidade

Escrito por Tati Jesus

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática.