in

Vírus Marburg é ‘primo’ do ebola e volta a preocupar após série de óbitos; principais sintomas e transmissão

Doença é altamente infecciosa e é provocada pelo vírus Marburg da mesma família do ebola.

Reprodução/Shutterstock/GettyImages/Metrópoles /

O vírus Marburg é ‘primo’ do ebola e tão infeccioso quanto. Dois pacientes foram a óbito no mesmo hospital que fica na região de Ashanti, no sul da Gana, na África Ocidental. Esses foram os primeiros casos confirmados no país.

Publicidade

Essa doença foi encontrada nas duas amostras dos pacientes coletadas no início de julho em um laboratório que fica no Senegal. O primeiro óbito é o de um homem de 26 anos, que faleceu no dia seguinte em que foi internado. O outro caso é de um homem de 51 anos, que faleceu no mesmo dia em que chegou ao hospital.

Vírus Marburg preocupa por gravidade

Autoridades de saúde de Gana dizem que 98 pacientes estão em quarentena por terem suspeitas de contato com os infectados. A doença provocada pelo Marburg ainda não tem tratamento, mas os médicos orientam beber muita água e tratar os sintomas específicos, pois melhora as chances de sobrevivência do paciente.

Publicidade

As taxas de óbito podem variar de 24% a 88% o que depende da cepa do vírus e do gerenciamento da situação. Mesmo que não haja tratamento para a doença, há vacinas testadas que estão na fase 1 de pesquisa.

Publicidade

Gosta de música? Ouça clássicos das décadas de 70, 80 e 90 agora mesmo | CLIQUE AQUI

Publicidade

Sintomas do Marburg e formas de transmissão

Publicidade

O vírus Marburg é transmitido para as pessoas pelos morcegos, se espalhando entre os seres humanos através de fluidos corporais. A doença é grave, muitas vezes pode ser fatal e com sintomas que incluem dor de cabeça, febre, vômitos de sangue, sangramento e dores musculares.

OMS faz alerta ao Marburg

As autoridades de saúde do país e a Organização Mundial de Saúde, estão trabalhando em conjunto para evitar um novo surto da doença. É pedido para que as pessoas se mantenham longe de cavernas onde pode haver morcegos e cozinhar bem todos os produtos derivados de carnes. O surto mais mortal da doença foi em 2005 em Angola, quando mais de 200 pessoas foram a óbito no país do continente africano.

Publicidade

Escrito por Nado C.

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 10 anos, trabalho também como redator há cerca de 4 anos, o que fez despertar uma nova paixão e hoje também sou graduado em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .