in

Os turistas que vão para a Europa terão que pagar uma taxa a partir do próximo ano; eis quanto custará

Os viajantes que pretendem partir para um destino de férias na Europa terão que pagar, em breve, uma nova taxa a ser implementada no próximo ano.

Pixabay

Os viajantes que pretendem partir para um destino de férias na Europa terão que pagar, em breve, uma nova taxa a ser implementada no próximo ano. A taxa de 7 Euros (R$ 38,69, na conversão atual), que deve entrar em vigor em maio de 2023, será aplicada a visitantes estrangeiros de 18 a 70 anos como parte do novo European Travel Information and Authorisation System (ETIAS), ou Sistema Europeu de Informação e Autorização de Viagem, de acordo com a Comissão Europeia. Os viajantes terão que solicitar a autorização por meio de um site ou aplicativo oficial antes da viagem.

Publicidade

“O ETIAS será um sistema de TI amplamente automatizado criado para identificar a segurança, migração irregular ou altos riscos epidêmicos apresentados por visitantes isentos de visto que viajam para Espaço Schengen, ao mesmo tempo em que facilita a passagem de fronteiras para a grande maioria dos viajantes que não representam tais riscos”, escreveu a Comissão Europeia em seu site. “Os cidadãos de fora da UE que não precisam de visto para viajar para o Espaço Schengen terão que solicitar uma autorização de viagem através do sistema ETIAS antes de sua viagem.”

Espaço Schengen é uma área que compreende 26 países europeus que aboliram oficialmente todos os passaportes e todos os outros tipos de controle em suas fronteiras mútuas.

Publicidade

A maioria dos viajantes que solicitam a autorização do ETIAS terão a aprovação em minutos, de acordo com a Comissão Europeia. Quem não for autorizado – o que é esperado em cerca de 5% dos casos – poderá receber a autorização de viagem em até 30 dias.

Publicidade

Gosta de música? Ouça clássicos das décadas de 70, 80 e 90 agora mesmo | CLIQUE AQUI

Publicidade

A autorização, que será necessária para entrar em todos os países do Espaço Schengen, será válida por três anos ou até a data de validade do documento de viagem. A autorização será verificada pelos oficiais de fronteira juntamente com outros documentos de viagem, como o passaporte.

Publicidade

Os 26 países do Espaço Schengen são os seguintes: Áustria, Bélgica, República Tcheca, Dinamarca, Estônia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Holanda, Noruega, Polônia, Portugal, Eslováquia , Eslovênia, Espanha, Suécia e Suíça.

Outros destinos, como Veneza, também anunciaram que o novo sistema de registro que será implementado em breve. Os viajantes terão que reservar e pagar uma taxa antecipadamente para visitar o icônico local italiano.

O plano é que os turistas façam uma reserva para entrar em Veneza por meio de um aplicativo. O conselho da cidade de Veneza disse que o aplicativo de reservas e o sistema de pagamento online começarão a operar em janeiro de 2023.

Atualmente, viajar para a Europa está ficando mais fácil, com vários países abandonando as regras de entrada adotadas durante a pandemia da Covid-19, incluindo Itália, Reino Unido, Suécia, Islândia, Irlanda e Croácia.

Publicidade