in

Não consigo engravidar, como saber se sou estéril?

Saiba quais são os exames solicitados pelo médico para descobrir a infertilidade.

Pixabay Free

Quando uma mulher decide engravidar, geralmente, ela para de tomar o anticoncepcional em pílula ou injeção e também interrompe o uso de outros métodos contraceptivos, como a camisinha. Após essa interrupção, as relações sexuais são realizadas e a cada ciclo, o resultado positivo no teste de gravidez é muito desejado, e quando isso não acontece?

Publicidade

A primeira coisa que deve ser feita é manter a calma, muitas vezes, o nervosismo e ansiedade acabam atrapalhando o ciclo da mulher e dificultando uma gravidez.

O que fazer para descobrir a infertilidade

Publicidade

Um casal saudável em idade reprodutiva pode levar até 12 ciclos para conseguir uma gravidez. Mulheres com ciclo menstrual regular, possuem 25% de chance de engravidar no período fértil, após os 35 anos essas chances podem diminuir. Mas existem vários fatores que podem impedir que a gestação aconteça.

Publicidade

Gosta de música? Ouça clássicos das décadas de 70, 80 e 90 agora mesmo | CLIQUE AQUI

Publicidade

Então se você e seu parceiro desejam ter um bebê e a gravidez está demorando mais de um ano para acontecer, o mais recomendado é procurar ajuda médica especializada, mas não pense ser só a mulher que pode ter problemas de fertilidade, pois, o homem também pode desenvolver doenças que o impeçam de ser pai.

Publicidade

Na maioria dos casos, quando o casal procura o médico, ele orienta que sejam realizados alguns exames específicos para identificar o que pode estar impedido a gestação. Para as mulheres, geralmente, os primeiros exames clínicos indicados são o papa Nicolau, que avalia a citologia vaginal e uma ecografia, que observa se existem alterações no útero e nas trompas da mulher.

Exames que podem ser indicados

Nos homens é realizada a análise do sêmen que avalia a concentração dos espermatozoides, a mobilidade deles e sua morfologia. Através dessa análise é possível identificar a capacidade fecundante do sêmen do homem examinado. Caso esse exame dê alguma alteração, ele é refeito para dar certeza do diagnóstico de infertilidade.

Uma histerossalpingografia, exame radiológico com contraste, também pode ser solicitado pelo médico para avaliar a anatomia e condições dos órgãos reprodutores femininos. Esse exame deve ser realizado na primeira fase do ciclo menstrual, logo após o fim da menstruação.

Uma biópsia do endométrio, para medir a temperatura basal da mulher durante três meses, também pode ser solicitada, nesse exame é possível identificar se a ovulação está acontecendo corretamente, pois sem ovulação não existe óvulo para ser fecundado.

Se todos esses exames forem realizados e ficar constatado que o casal, ou um dos parceiros é estéril, não precisa se desesperar, pois, atualmente, a tecnologia tornou muito mais fácil uma gravidez acontecer em laboratório. Agora o casal pode optar pela fertilização in vitro, ou pela inseminação artificial, apesar de não ser 100% certeiro, esses procedimentos facilitam muito a geração de uma criança.

Publicidade

Escrito por Tati Jesus

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática.