in

‘Asteroide Potencialmente Perigoso’ é gigante e vai passar ‘próximo’ da Terra; Nasa classifica alerta

Corpo celeste vai passar em uma distância considerada muito próxima do planeta Terra e Nasa faz classificação.

Nasa/Divulgação/MARK GARLICK, SCIENCE PHOTO LIBRARY/ALAMY

Um asteroide considerado de tamanho gigantesco vai passar a uma distância relativamente próxima do planeta Terra nesta próxima sexta-feira (27). Apesar da proximidade e medindo cerca de 1,8 km de diâmetro, Nasa faz uma classificação e tranquiliza que não é o fim do mundo e nem motivo para alarde.

Publicidade

O diretor do Centro de Estudos de Objetos Próximos à Terra, subdivisão da Nasa, Paul Chodas, diz que não há nenhuma chance de o asteroide se chocar contra a Terra. O sobrevoo do corpo celeste será o mais próximo dele em pelo menos 200 anos.

Asteroide passará próximo da Terra

Esse asteroide recebeu o nome de 7335 (1989 JA) e não representa qualquer ameaça para o planeta. Segundo a Nasa, o corpo celeste vai passar a aproximadamente 10 vezes a distância média do planeta Terra com a Lua, equivalente a 4 milhões de quilômetros.

Publicidade

Mesmo que a distância seja feita com medidas astronômicas, a Nasa o classifica como Asteroide Potencialmente Perigoso, mas como diz o astrônomo Pedro Bernardinelli, isso não quer dizer que seja uma ameaça, nem em um futuro próximo.

Publicidade

Gosta de música? Ouça clássicos das décadas de 70, 80 e 90 agora mesmo | CLIQUE AQUI

Publicidade

O especialista no assunto diz que a ideia não é deixar a população com medo, porém, deve ser chamada a atenção para os observadores. A classificação não é alarmista, mas sim para possibilitar a medição precisa da órbita desse tipo de objeto, entendendo o seu percurso durante as décadas.

Publicidade

O que significa Asteroide Potencialmente Perigoso (PHA)

A classificação PHA é dada a qualquer corpo celeste que passe a menos de 0.05 unidades astronômicas (distância entre a Terra e o Sol). “Então é meio que um jeito de falar que esse é um objeto que vale a pena ser medido para poder fazer esse tipo de coisa”, explicou Bernardinelli.

Publicidade

Escrito por Nado C.

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 10 anos, trabalho também como redator há cerca de 4 anos, o que fez despertar uma nova paixão e hoje também sou graduado em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .