in

Beber esquenta no frio? Especialista explica o que o álcool provoca no corpo e se há riscos à saúde

Especialista explica como o corpo reage ao ingerir bebida alcoólica e os efeitos que provoca em alta temperatura.

etílicos / freepik

O Brasil está registrando recordes de queda de temperatura em várias cidades de diversas regiões do país. Com esses índices, é comum que as pessoas abram um vinho ou uma bebida destilada com o intuito de se aquecerem.

Publicidade

Especialistas explicam qual é o efeito que o álcool provoca no organismo na tentativa da regulação do frio. O médico Paulo Zogaib, que atua em Medicina do Esporte no Hospital Sírio-Libanês de São Paulo, e concedeu uma entrevista ao G1 alertando riscos e pontuando as consequências da bebida.

Especialista alerta efeito de álcool no frio

Inicialmente, o médico diz que o álcool causa uma ligeira reprimida no cérebro, inibindo as suas percepções, deixando a pessoa mais comunicativa, por exemplo. O problema existe quando se bebe uma quantidade exagerada de bebida alcoólica em locais não aquecidos.

Publicidade

“Por que o álcool alivia os sintomas do frio? Primeiro, o álcool é extremamente calórico – então, você está recebendo uma quantidade de etanol que vai ser convertida em energia pelo fígado”, disse o especialista, alertando sobre a diminuição da resposta ao frio.

Publicidade

Gosta de música? Ouça clássicos das décadas de 70, 80 e 90 agora mesmo | CLIQUE AQUI

Publicidade

Outro risco apontado por ele é que o álcool dilata os vasos sanguíneos. Quando está frio, as veias precisam estar contraídas como forma de preservar a temperatura ideal do corpo humano. Para tolerar a baixa temperatura, a pessoa vai bebendo cada vez mais, perdendo a capacidade de reação.

Publicidade

Efeitos do álcool no frio sem se aquecer

Como o corpo precisa manter temperatura próxima dos 37ºC, o organismo começa a se ‘desligar’. O coração começa a bater bem devagar, a pessoa entra em coma e a glicose cai drasticamente.

Publicidade

Escrito por Nado C.

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 10 anos, trabalho também como redator há cerca de 4 anos, o que fez despertar uma nova paixão e hoje também sou graduado em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .