in

Menino de 4 anos e idoso de 65 caem de grandes alturas e sobrevivem para contar suas histórias

Idoso de 65 anos e menino de 4 anos sobreviveram de queda de alturas que poderiam ter sido fatal para eles.

Reprodução/G1/TV Globo

Duas histórias inacreditáveis e que poderiam terminar da pior maneira possível foram contadas pelo Fantástico, da Globo, na noite deste último domingo (16). Um idoso de 65 anos e um menino de quatro sobreviveram a quedas de grandes alturas e que poderia ter sido fatal a eles.

Publicidade

A criança sobreviveu após cair do décimo andar de um prédio no estado do Espírito Santo. Com mais de dois mil quilômetros de distância, o idoso ficou vivo para contar a sua história após despencar de um precipício que tem 80 metros de altura.

Idoso cai de precipício

O motorista de caminhão, Daniel Francisco Sales, de 65 anos, estava trafegando por uma área conhecida como Porão do Inferno, na divisa de Mato Grosso com Cuiabá. Este é o primeiro ponto visitado por turistas no Parque Nacional.

Publicidade

A vista é imponente, mas também assusta, pois o precipício é alto e pode ser fatal. Daniel estava transportando água mineral, quando perdeu o controle do veículo e caiu em um penhasco que tem altura equivalente de um prédio de 28 andares. O resgate foi feito rapidamente pelo Corpo de Bombeiros e ele sobreviveu com ferimentos leves.

Publicidade

Gosta de música? Ouça clássicos das décadas de 70, 80 e 90 agora mesmo | CLIQUE AQUI

Publicidade

Menino caiu de décimo andar de prédio

Morando a uma distância de mais de dois mil quilômetros, o menino João Miguel, de 4 anos, caiu do décimo andar de um prédio que fica em Colatina, no estado do Espírito Santo. A mãe dele, Jovania Trancoso, explicou que o menino gostava de brincar de pular no sofá, na cama e no chão, mas que nunca imaginaram que isso poderia ser perigoso assim.

Publicidade

A criança, que sempre foi instigada pela altura, caiu da janela do apartamento de onde mora. No momento da queda ele estava na residência com dois irmãos, um de 18 e outro de 20 anos. “A minha vizinha fala assim comigo: ‘Jovania, Deus deu um par de asa para o Miguel’”, diz a mãe do menino.

Publicidade

Escrito por Nado C.

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 10 anos, trabalho também como redator há cerca de 4 anos, o que fez despertar uma nova paixão e hoje também sou graduado em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .