in

Rapaz cria caixões personalizados para pais que perderem filhos; 1º que ele fez foi o da própria irmã

Casey personalizou o caixão da irmã em janeiro deste ano, quando a jovem faleceu aos 21 anos.

Arquivo pessoal Casey Lawhon

Casey Lawhon tem 25 anos e viveu uma situação muito difícil em Gulfport, no estado do Mississippi, nos Estados Unidos. Em janeiro deste ano, o coração de Casey foi dilacerado pela dor de perder a irmã, Raelan Lawhon. A jovem tinha apenas 21 anos quando faleceu. Raelan tomou uma pílula de oxicodona que estava misturada a fentanil. Ela não sabia. A dose foi fatal. 

Publicidade

O corpo da jovem foi encontrado pela mãe. Casey disse que sua vida virou de cabeça para baixo a partir daquele momento. Como homenagem à irmã, Casey decidiu usar seu talento para envelopar o caixão que levou o corpo de Raelan. 

Para a decoração, ele usou flores cor de rosa, estátuas de anjo e nuvens cinzentas. “Esse foi o primeiro caixão que eu fiz. Eu fiz isso por ela. Eu não fiz isso por mais nada. Só para ela”, disse Casey. Em fevereiro, ele criou uma iniciativa para envelopar outros caixões.

Publicidade

Casey ajuda a aliviar a dor de família enlutada

Casey Lawhon perdeu a irmã e melhor amiga e conhece muito bem essa dor. Meses depois do ocorrido na família, o jovem soube da morte de um menino de dois anos. Sawyer morreu afogado. Casey foi procurado para personalizar o caixão do garoto.

Publicidade

Gosta de música? Ouça clássicos das décadas de 70, 80 e 90 agora mesmo | CLIQUE AQUI

Publicidade

Casey descobriu que o menino gostava do Mickey Mouse. O resultado da criação de Casey foi emocionante. No caixão, havia o desenho do personagem da Disney e uma frase dizendo que Sawyer nunca seria esquecido. “Eu te amo mamãe e papai”, também estava escrito no caixão do garotinho de dois anos.

Publicidade

O trabalho de Casey ajuda as famílias que estão sofrendo com suas perdas. O rapaz de 25 anos tem orgulho de seu trabalho e entende a importância que tem para os enlutados. A família de Sawyer teve um momento de alívio apesar da dor que estava sentindo.

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!