in

Mulher finge gravidez, tira licença maternidade, manda fotos do bebê e pode ser presa

A mulher de 43 anos fingiu que estava grávida e usou barriga falsa por 7 meses.

Reprodução/Daily Mail

A gravidez é um momento da vida das mulheres que traz muitas modificações. Durante a gestação e depois do parto são necessários alguns cuidados com a saúde. Devido a isso, muitas empresas cedem alguns benefícios para as mamães.

Publicidade

Ela fingiu que estava grávida

Mas uma mulher fingiu uma gestação para usufruir de benefícios que sua empresa cedia para as mamães. Ela anunciou a gravidez e manteve a história da gestação por 7 meses. A mulher, inclusive, chegou a ‘dar à luz’ e mostrou as fotos do bebê para os colegas de trabalho.

Robin Falsom, 43 anos, trabalhava como oficial do estado da Geórgia, Estados Unidos. Ela usou uma barriga falsa de espuma para dar mais veracidade a sua história e inventou um pai para o seu bebê, chamado Bran Otmembebwe.

Publicidade

A mulher chegou a tirar 7 semanas de folga do trabalho, depois do suposto pai do bebê enviar um e-mail ao chefe de Robin, informando que ela havia tido complicações médicas e precisava de repouso. Robin levou a história tão a sério que chegou a enviar fotos do suposto bebê, o que despertou dúvidas, pois o tom de pele da criança parecia diferente a cada foto.

Publicidade

Gosta de música? Ouça clássicos das décadas de 70, 80 e 90 agora mesmo | CLIQUE AQUI

Publicidade

Ela pode pegar até 15 anos de prisão

Dois meses antes da suposta data do parto, a farsa de Robin começou a ser descoberta, depois que um dos colegas de trabalho dela viu a barriga falsa saindo pela blusa. O caso está sendo investigado e ficou comprovado que ela nunca esteve grávida e que, inclusive, o suposto pai do bebê não existe.

Publicidade

A mulher, que trabalhava no serviço público, ganhava cerca de 519 mil reais por ano e pode ser presa, condenada a 10 anos por identidade falsa; e ainda pode ser condenada a 5 anos de prisão por dar falso testemunho, além de pagar uma multa de 700 mil reais pela mentira.

Publicidade

Escrito por Tati Jesus

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática.