in

Garoto fica sozinho em casa por 66 dias apenas na companhia dos pets; mãe volta e se depara com casa imunda

O garoto teve que ficar sozinho, tendo apenas a companhia dos bichinhos de estimação da família.

Reprodução/Globo

Um jovem chinês, de 13 anos, ficou por 66 dias sozinho. O motivo foi que os pais acabaram retidos em Xangai por causa de um rigoroso confinamento no município. O casal havia viajado para a metrópole em 28 de fevereiro, procurando um tratamento médico para o pai do adolescente. No entanto, eles somente puderam retornar para Kunshan, local da residência, no finalzinho do mês de abril.

Publicidade

Sozinho, o jovem participava das atividades escolares online e cuidava dos pets, conforme informações de Beijing Youth Daily, um jornal local. O reencontro com os pais somente ocorreu na última sexta-feira, 6 de maio, após o retorno do casal, que ainda teve que ficar mais uma semana de quarentena antes de voltar para casa.

Zhu, mãe do adolescente, relatou à imprensa local que tanto o filho quanto os bichinhos de estimação da família engordaram nesse período sem os pais. Ela conseguiu organizar entregas de comida para o filho.

Publicidade

Porém, o serviço chegou a ser suspenso durante algumas semanas do mês de abril. A suspensão aconteceu quando algumas comunidades tiveram que ser colocadas em quarentena para evitar que a Covid-19 se propagasse. Pessoas que trabalhavam na gestão comunitária auxiliaram o jovem enviando comida.

Publicidade

A mãe ainda conseguia ajudar o menino à distância a fazer pratos simples durante os finais de semana. Esse foi um pedido do adolescente que já estava exausto de comer apenas refeições instantâneas e prontas. Contudo, os pais se depararam com a residência suja e bagunçada.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.