in

Menina de um ano falece após ser picada por escorpião; médica orienta sobre cuidados a serem tomados

Menina de apenas um ano não resistiu a uma picada de escorpião no interior do estado de São Paulo.

Reprodução/Toninho Tavares/Agência Brasília/Arquivo pessoal

Nesta última segunda-feira (18) uma notícia trágica assolou uma família na cidade de Birigui, no interior do estado de São Paulo. A pequena Lara Vitória Carvalho de Oliveira, de apenas um ano, não resistiu às complicações causadas pela picada de um escorpião e faleceu após dar entrada em uma unidade de saúde.

Publicidade

A menina residia no bairro João Crevelaro, quando foi picada pelo animal peçonhento. Mesmo recebendo atendimento rápido e correto para esse tipo de acidente, ela não resistiu. Segundo a pediatra Rachel Hurtado Pereira, os efeitos da picada do animal são ainda mais intensos em crianças, devido a isso o cuidado tem que ser redobrado.

Menina de um ano falece por picada de escorpião

A médica disse que em crianças menores a inoculação do veneno do escorpião é ainda mais rápida ao atingir a circulação sanguínea, uma vez que o corpo é menor do que o de um adulto. Quanto menor for a criança, maiores são as chances das reações se tornarem mais graves, principalmente nos menores de cinco anos.

Publicidade

Medidas a serem tomadas em picada de escorpião

De acordo com o avô da menina, Lara estava na sala da casa com a mãe e o irmão de 12 anos quando foi picada no tapete da casa. Rapidamente eles a levaram para um pronto-socorro, medida essa que foi a correta.

Publicidade

A profissional em saúde de Araçatuba (SP), informa que a mãe fez o certo, a medida correta é levar para atendimento médico o mais rápido possível. O máximo que se pode fazer em casa é lavar a área picada com água e sabão. A médica ressalta que nunca se deve espremer o local, usar torniquete ou passar pomada.

Publicidade

Quando há esse tipo de acidente, a pessoa deve procurar a unidade de saúde mais próxima, já quando encontrar o animal em casa, o morador deve ir para a Secretaria de Saúde e realizar a notificação ao órgão responsável.

Publicidade

Escrito por Nado C.

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 10 anos, trabalho também como redator há cerca de 4 anos, o que fez despertar uma nova paixão e hoje também sou graduado em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .