in

Doenças cardiovasculares são silenciosas e mais letais do que câncer de mama; fique atenta aos sinais

Mulheres sofrem mais com doenças do coração do que com câncer de mama e sinais não devem ser ignorados.

Reprodução/BHF/R7

As doenças cardiovasculares, como o Acidente Vascular Cerebral, o infarto e a síndrome do coração partido, tem se tornado grandes desafios para a saúde da mulher. Mais da metade dos óbitos estão sendo causados por problemas do coração, sendo até maiores do que a do câncer de mama.

Publicidade

A cardiologista do Hospital das Clínicas, Walkiria Ávila, falou sobre esses problemas, alertando como evitá-los. A médica disse que mesmo que haja uma diminuição da incidência de novos casos, elas continuam sendo a maior causa da morte de mulheres, afetando menos os homens.

Sintomas de doenças cardiovasculares

A médica ressaltou sobre os principais sintomas que precisam ser levados em consideração. Ao contrário do que nos homens, que é uma dor no peito, as vezes a mulher pode não sentir essa dor e ser silenciosa nesse quesito. O mais comum é dor na mandíbula, nos braços e até nas costas. Em muitos casos é confundida com dor na lombar.

Publicidade

Doenças cardiovasculares podem ser letais

Pressão alta, fumar, estar acima do peso ideal e depressão, são fatores que podem acelerar o aparecimento de doenças cardiovasculares, deixando-as ainda mais graves do que em pacientes que não tenham esses problemas de saúde.

Publicidade

Melhor forma de prevenir doenças cardiovasculares

Segundo a médica, dietas e atividades físicas são os pilares de prevenção de doenças do coração, além de cânceres. Outra forma de prevenir a gravidade de tais patologias, está a realização de exames, para o diagnóstico precoce dessas enfermidades e o tratamento adequado.

Publicidade

“Isso aqui é um programa de saúde pública, inclusive trazendo o alerta a essas mulheres à prevenção, e a gente tem uma visão e uma esperança de que futuramente essas doenças tendam a diminuir no sexo feminino também”, finalizou a profissional de saúde em uma entrevista concedida.

Publicidade

Escrito por Nado C.

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 10 anos, trabalho também como redator há cerca de 4 anos, o que fez despertar uma nova paixão e hoje também sou graduado em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .