in

Mulher arrisca vida ao pegar em criatura mortal em troca de likes nas redes sociais

A tiktoker postou um vídeo em que segura um animal marinho cujo o veneno pode matar em minutos.

REPRODUÇÃO/ TIK TOK

No final do mês de fevereiro, uma usuária do TikTok, rede social de compartilhamento de vídeos,  arriscou sua vida ao pegar uma criatura marinha mortal em uma praia australiana. Ela postou o vídeo nas redes sociais com a legenda: “Mar lindo e perigoso”. O objetivo era viralizar com o vídeo.

Publicidade

Segundo o Museu de História Natural, a criatura que aparece no vídeo é um polvo de anéis azuis, um cefalópode altamente venenoso cuja mordida pode ser fatal. O TTX (tetrodotoxina), substância do veneno, pode agir rapidamente, fazendo com que músculos fiquem enfraquecidos e paralisados, bem como muitos outros efeitos colaterais como vômitos e tonturas.

Ainda segundo o museu, as vítimas do veneno ficam cada vez mais imóveis e, normalmente, permanecem acordadas até que a falta de oxigênio as deixe inconscientes. A morte, geralmente, ocorre devido à insuficiência respiratória, paralisia do diafragma. Isso pode acontecer em poucos minutos. Não há antídoto para TTX, a maioria dos cuidados é de suporte, como ventilação para manter o paciente respirando até que os efeitos da toxina desapareçam.

Publicidade

A usuária @Katapillah explicou que não sabia a espécie do animal, descobriu cerca de 30 minutos após o vídeo. No entanto, a usuária não convenceu o professor Ian Tibbett, da Universidade de Queensland.

Publicidade

O professor contou que vídeos como esse, de pessoas lidando com criaturas marinhas mortais, tem se tornado tendência nas redes sociais. Em uma entrevista ao Yahoo News Australia, o especialista disse que a atitude “é uma estupidez alarmante”.

Publicidade

O vídeo tem mais de 1.100 comentários, a maioria condenando a tiktoker por colocar a vida em risco. De acordo com o Museu de História Natural, já houve casos fatais envolvendo o polvo de anéis azuis.

Publicidade