in

Pesquisa faz alerta importante para grávidas sobre o uso do paracetamol no período gestacional

Estudo publicado recentemente trouxe algumas informações sobre o uso do medicamento na gestação.

Reprodução: Sou Mãe

O uso do paracetamol é algo comum entre os brasileiros, sendo também uma medicação que costuma ser usada pelas gestantes. No entanto, é necessário ter atenção com o uso desse remédio para evitar alguns problemas. Essa informação foi publicada pela Nature Reviews Endocrinology, que é uma revista científica.

Publicidade

A pesquisa deixou claro algo que a maioria das pessoas já tem conhecimento, que diz respeito a importância do uso de remédios com cautela. Além disso, vale ressaltar ser extremamente importante que as pessoas tenham consciência que os medicamentos devem ser usados sob prescrição médica.

De acordo com a análise dos estudiosos, que observaram como o paracetamol (remédio usado no tratamento de febre e dor) atua no organismo da gestante, a droga usada sem nenhum critério pode trazer prejuízos ao desenvolvimento da criança que está sendo gerada.

Publicidade

A pesquisa serve de alerta para as grávidas que devem ter um bom acompanhamento do pré-natal. É importante que as medicações necessárias durante o período gestacional seja feito com orientação do médico da paciente que vai avaliar o quadro clínico e a necessidade de remédios quando este for necessário para a futura mamãe.

Publicidade

Mário Macoto Kondo, responsável pela obstetrícia do Grupo Santa Joana, em São Paulo, frisou que o resultado da pesquisa precisa ser analisado com cautela. Por esse motivo, o especialista explica que o paracetamol pode ser usado pela grávida por um tempo curto não devendo ultrapassar a dosagem de 4g por dia.

Publicidade

De acordo com o médico, a administração da medicação respeitando esses cuidados não vai causar problema na gestação. Para quem não sabe, o paracetamol tem como classificação a categoria B. Isso quer dizer que o uso para a futura mamãe é considerado seguro pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa e também pela Food and Drug Administration – FDA, que é o órgão dos Estados Unidos.

Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.