in

Pedra que aprisionava demônio, segundo mito, racha ao meio e causa pânico

A história contada de geração em geração afirmava que havia uma entidade maligna presa na pedra.

Hoje em dia

Os mitos fazem parte da cultura de muitos países e podem transcender gerações. Um mito é um relato de tradição oral contado de pai para filho e acaba se tornando uma história comum de determinada civilização. No Japão, existem centenas de histórias mitológicas e muitas pessoas acreditam fielmente que aquele evento realmente aconteceu.

Publicidade

Pedra da morte rachou ao meio

Esse é o caso do aprisionamento de um demônio em uma pedra, na região de Montanhas em Tochigi, local perto de Tóquio, no Japão. O rompimento de uma pedra é um fenômeno comum, e pode acontecer em qualquer lugar do mundo, mas o romper dessa pedra em específico deixou toda uma população em estado de pânico. Isso porque, uma lenda antiga conta que uma entidade maligna havia sido aprisionada lá.

Após o romper da pedra, muitos habitantes da região passaram a acreditar que o espírito maligno estaria novamente solto. A pedra da morte, ou Sessho-seki na linguagem do país, era conhecida e muitos acreditavam que a pessoa que tivesse contato com a rocha, morreria.

Publicidade

Segundo mito, havia um demônio aprisionado na pedra

Segundo informações do jornal “The Guardian”, a pedra era a morada de uma figura conhecida nos mangás, Tamomo-No-Mae, ou a raposa de nove caldas. Na mitologia, esse ser super poderoso assumiu a forma de mulher para enganar e matar o imperador Toba, que viveu entre 1107 e 1123.

Publicidade

Alguns moradores acreditam que esse espírito sofreu o exorcismo de um monge que o aprisionou na pedra. Em fotos tiradas por turistas que visitaram o local, é possível observar que a pedra está rachada praticamente ao meio e existe uma corda amarrada em seu redor, segundo o mito, essa corda teria sido usada pelo monge.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Tati Jesus

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática.