in

Estes são alguns dos sinais que identificam um relacionamento abusivo; peça ajuda quando necessário

Ciência mostra sinais que aparecem em quase todos os casos de relacionamentos abusivos e violentos.

Vittude

O Dia Internacional da Mulher teve poucos motivos para ser comemorado neste último dia 8 de março. O Brasil tem dados alarmantes que mostram a violência sofrida pela mulher todos os dias. Tais crimes podem ser cometidos por pessoas próximas da vítima, após uma escalada de agressividade, que começa com sinais sutis de abusos.

Publicidade

A ciência investiga e analisa casos de relacionamentos abusivos, conseguindo identificar sinais que se repetem em quase todos esses casos. Em conversa com o portal G1, a promotora do Ministério Público de São Paulo, Silvia Chakian, falou um pouco sobre esses casos, ajudando a identificar relacionamentos abusivos por meio de alguns sinais.

Sinais de relacionamento abusivo

A promotora destacou os relacionamentos muito rápidos e intensos, em que o homem pode estar com expectativas irreais da parceira perfeita e as frustrações podem levá-lo a reações inesperadas e violentas. Outras situações são quando o amor e a confiança não andam juntas, e ele começa a fazer exigência de senhas de celulares e redes sociais da vítima.

Publicidade

Em um relacionamento abusivo, é obrigação da vítima fazer renúncias e se isolar de pessoas próximas – como amigos e familiares. Chakian alerta quando o parceiro começa a criticar constantemente a mulher, minando a autoestima dela, bem como o aparecimento dos sentimentos de posse, controle e superproteção dela.

Publicidade

Outros sinais graves são: imposições que não respeitam a vontade da mulher; chantagens e ameaças; proibição de atividades rotineiras ou que permitam que a vítima tenha independência financeira; comportamentos do parceiro que alternam entre castigo e recompensa ou altera a percepção da vítima sobre a realidade; parceiro que faz com que ela acredite na sua onipresença; parceiros que demonstram descontrole emocional sem motivo. Já sinais de grande alerta podem ser a violência ou agressões físicas, sexuais e privações financeiras.

Publicidade

Ajuda em relacionamentos abusivos

A vítima precisa se atentar e, muitas vezes, precisa de ajuda para entender que não são sinais de amor. A mulher pode pensar que “ele me ama tanto que quer me proteger de pessoas ruins” ou “me ama tanto que quer saber sempre onde eu estou” ou “ele me ama tanto que quer que eu fique somente com ele”. Essa lógica faz com que a vítima fique cada vez mais isolada e não procure ajuda. Buscar socorro é essencial para sair de uma situação desse tipo.

A mulher precisa contar com ajuda de amigos, familiares e profissionais. Ela pode ligar para o número 180, Central de Atendimento à Mulher, serviço que vai orientar e prestar o apoio necessário. A vítima também pode buscar ainda a Delegacia da Mulher, Centros de Apoio, CRAS ou CREAS, e redes assistenciais do Município.

Publicidade

Escrito por Nado C.

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 10 anos, trabalho também como redator há cerca de 4 anos, o que fez despertar uma nova paixão e hoje também sou graduado em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .