in

Losartana da Medley é retirada do mercado: como deve proceder quem toma o medicamento para pressão ou coração

A farmacêutica anunciou o recolhimento de lotes do medicamento após detectar impurezas.

Reprodução Shutterstock

A farmacêutica Sanofi Meley comunicou o recolhimento preventivo de três formulações que tem como princípio ativo na formula o losartana. O motivo da retirada do mercado foi o fato de terem sido encontrados impurezas nos comprimidos que podem provocar mutações e elevar as chances de câncer.

Publicidade

A interrupção do uso desse medicamento pode causar sérios danos a saúde, de acordo com o alerta da farmacêutica.

Losartana: o que é e para que é indicada?

A losartana é um remédio anti-hipertensivo que tem o objetivo de baixar a pressão do paciente. O medicamento é usado para o tratamento da hipertensão arterial e também de insuficiência cardíaca, conforme explicação do especialista, o médico cardiologista Ítalo Menezes.

Publicidade

O que são as impurezas encontradas pela Medley no medicamento?

De acordo com a farmacêutica foram detectados na medicação com o princípio ativo losartana impurezas que podem provocar mutações e elevar o risco de câncer. As impurezas conhecidas como nitrosaminas foram encontradas em 2018 pela primeira vez e gerou um alerta no mundo. “Acima de níveis aceitáveis e por longo período, a exposição às nitrosaminas podem aumentar o risco da ocorrência de câncer“, informou a Anvisa.

Publicidade

As impurezas detectadas podem acabar provocando mutação no DNA de uma célula transformando numa célula cancerígena. Um comunicado feito pela SBC – Sociedade Brasileira de Cardiologia esclareceu que até o momento não havia sido relato problema parecido em outros medicamentos que pertencem a classe de bloqueadores ou mesmo de losartana de outras indústrias farmacêuticas.

Publicidade

A Medley ressaltou que interromper abruptamente o tratamento com o medicamento pode causar sérios problemas. “O risco para a saúde de descontinuar abruptamente estes medicamentos sem consultar os seus médicos ou sem um tratamento alternativo é maior do que o risco potencial apresentado pela impureza em níveis baixos“, informou a empresa. Por isso, o paciente não deve parar de tomar o remédio e deve procurar o médico para caso seja necessário fazer a troca do lote ou fabricante.

Os profissionais da área ressaltam que há várias classe de medicamentos indicados para o tratamento da hipertensão arterial que podem substituir o losartana. No entanto, somente o médico pode avaliar qual é o melhor remédio para cada caso.

Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.