in

Casal de idosos que não tinha o que comer ganha compra do mês e roupas: ‘não temos como pagar’

Influenciador digital encontrou o casal perto do supermercado e se sensibilizou, fazendo o vídeo ser exibido mais de 15 milhões de vezes.

TikTok @ederalejandrolh/Montagem RPA

A desigualdade social existe em toda parte do mundo, não sendo uma exclusividade do extenso território brasileiro. Infelizmente, muitos daqueles que passam necessidades básicas são pessoas idosas, que já viveram a vida e na velhice, quando deveriam descansar, precisam trabalhar nem que seja recolhendo recicláveis para sobreviver. Muitos deles foram abandonados pela família.

Publicidade

Um caso desse tipo tem viralizado nas redes sociais, especialmente no TikTok. Eder Alejandro é um influenciador digital mexicano que costuma realizar alguns experimentos sociais filmados e divulgar em suas redes sociais.

Certo dia, ele foi ao supermercado e encontrou um casal de idosos perto do estabelecimento. Eles não tinham o que comer, tão pouco dinheiro para comprar comida. O casal é formado pela dona Socorro e o senhor Chava, que é deficiente visual.

Publicidade

Eder disse ao casal que eles poderiam entrar no supermercado e escolher o que quisessem e que levaria a compra para os dois em sua casa.

Publicidade

“Hoje Deus paga, então podem pegar tudo o que queiram”. A princípio, conta o influenciador digital, eles ficaram um pouco desconfiados, mas depois acreditaram na boa ação.

Publicidade

Dona Socorro pegou apenas o essencial, mesmo com Eder dizendo que poderiam pegar o que quisessem. O rapaz então começou a ajudar o casal para que pegassem mais coisas e assim aproveitassem melhor essa oportunidade.

O rapaz perguntou para dona Socorro qual era sua bebida favorita e ela respondeu que era Coca Cola. Eder falou para ela pegar uma garrafa. Após colocar no carrinho, ele disse que podia pegar outra garrafa e a mulher sorria de felicidade.

O senhor Chava contou que após perder sua visão, só tem a ajuda de Socorro no dia a dia, não contando com mais ninguém.

A alegria da mulher ao pegar uma dúzia de ovos e um prato de carne bovina comoveu mais de 15 milhões de pessoas que assistiram ao vídeo no TikTok, que também foi curtido mais de dois milhões de vezes e recebeu até a presente data, quase 83 mil comentários.

Depois de comprar comida, Eder perguntou ao casal quais eram suas cores favoritas e após ouvir a resposta, comprou roupas e calçados para os dois, que estavam trajando peças bem simples e surradas pelo tempo. Dona Socorro gostou de uma camiseta rosa e o senhor Chava quis tudo azul. A mulher continuava encantada com um kit de meias nas mãos.

Ao passarem pelo caixa do supermercado, dona Socorro continuava sorrindo olhando para as compras. Chava agradeceu pela ajuda, declarando que eles não poderiam pagá-lo.

“Não temos como pagar”, declarou Chava. O casal disse que Eder estava sendo como um filho para eles os ajudando daquela maneira. Eder reforçou que a ajuda foi mandada por Deus e que era Ele quem estava pagando, sendo o jovem apenas um instrumento daquela boa ação.

O casal sorriu de felicidade com a ajuda recebida, deixando o supermercado com o carrinho cheio. Eder então levou os idosos e suas compras a sua humilde casa. Socorro e Chava moram em uma casa em condições precárias, com teto improvisado de lona em algumas partes. O influenciador deu um abraço no casal e tirou uma foto para guardar de lembrança.

https://www.instagram.com/p/CaTgxcusAsz/

Dentre as mensagens recebidas no TikTok e Instagram, pessoas se interessaram em fazer doações ao casal através de Eder, que pediu que enviassem mensagem em privado para que combinassem sobre o assunto. A ação social foi divulgada por Eder no dia 23 de fevereiro de 2022, mas conforme declaração do influenciador, o caso já havia acontecido há um mês, em janeiro.

Chava vivia com sua mãe, que sempre o ajudava em sua limitação para se locomover, mas ela faleceu há seis meses. A partir daí, Socorro passou a ajudá-lo e todo fim de semana eles vão para o Mercado de Guadalajara, no México, para conseguir algum alimento. Eles pedem um emprego que seja compatível com suas idades e condições para assim comprarem comida daqui para frente.

Publicidade

Escrito por Nascimento

Redator de entretenimento e curiosidades