in

Aposentadoria por invalidez: diabéticos que atendem alguns requisitos podem solicitar o benefício

Segundo levantamento da OMS, cerca de 16 milhões de brasileiros possuem o diagnóstico da doença.

Portal Escobar Advogados/Junta de Freguesia de Madalena/Montagem: Higor Mendes

No Brasil, cerca de 16 milhões de pessoas possuem o diagnóstico de diabetes, de acordo com um levantamento da Organização Mundial da Saúde, a OMS. Tendo como sua principal característica a hiperglicemia, ou seja, o alto índice de glicose no sangue, a doença pode se desencadear por desequilíbrios na secreção ou até mesmo na ação da insulina, hormônio produzido no pâncreas com a função de controlar os níveis de glicose.

Publicidade

O diabetes é subdividida em duas categorias. Na chamada tipo 1, os principais sintomas são a fome e sede constantes, a vontade de urinar diversas vezes ao dia, a pera de peso, fraqueza, fadiga, náuseas e vômito, além das mudanças de humor.

Já na tipo 2, alguns sintomas são semelhantes, como a fome e sede constantes e a vontade frequente de urinar, porém, também são observados formigamento nos pés e mãos, infecções na bexiga, rins e pele, demora na cicatrização de feridas e visão embaçada.

Publicidade

Aposentadoria por invalidez

Publicidade

Gosta de música? Ouça clássicos das décadas de 70, 80 e 90 agora mesmo | CLIQUE AQUI

Publicidade

Uma dúvida frequente de muitas pessoas portadoras de diabetes, independente do tipo, é se é possível solicitar aposentadoria por invalidez após o diagnóstico. A doença por si só não é garantia do benefício, no entanto, casos graves, como uma amputação de membros ou cegueira ocasionada pela diabetes, por exemplo, podem levar o segurado a conseguir o benefício.

Publicidade

Para almejar a aposentadoria por invalidez o diabético deve se submeter a uma perícia médica para comprovar a incapacidade permanente para o exercício do trabalho. Para isso, o segurado deve realizar o agendamento através do número 135, do INSS, ou pelo aplicativo Meu INSS.

Publicidade

Escrito por Higor Mendes

Redator com três anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.