in

Efeito sanfona: 5 dietas muito populares mas que têm resultado final oposto ao esperado

Apesar do emagrecimento, temporário e nada saudável, essas dietas têm como resultado final o efeito sanfona.

Portal Vida Natural

Não importa o argumento, a melhor forma de emagrecer com saúde continua sendo com uma alimentação equilibrada, consumindo menos calorias do que gasta e, claro, colocando o esqueleto para trabalhar para que, de fato, ocorra esse gasto calórico planejado.

Publicidade

Todavia, não é difícil encontrar na internet as mais diversas dietas malucas e prejudiciais para a saúde, em que a pessoa pode emagrecer de forma rápida – e nada saudável – mas recupera o peso na mesma velocidade.

Essas dietas, conhecidas como dietas sanfonas, impõem ao usuário restrições calóricas inimagináveis e acabam induzindo a perda de peso de forma descontrolada e nada natural. Confira cinco dietas muito populares, mas que não possuem nenhum efeito satisfatório.

Publicidade

1. Dieta da Lua

Muito popular nas rodas de conversa, essa dieta, sem qualquer embasamento técnico, consiste em consumir apenas líquido durante 24h, em cada mudança da lua. Já é de se imaginar que a suspensão da alimentação leve ao emagrecimento, porém o efeito rebote é severo e a pessoa acaba por recuperar todo o peso em pouco tempo, gerando um efeito sanfona.

Publicidade

Gosta de música? Ouça clássicos das décadas de 70, 80 e 90 agora mesmo | CLIQUE AQUI

Publicidade

2. Papinha de bebê

Consumindo apenas um potinho de papinha de bebê no almoço e outro no jantar, as necessidades calóricas de uma pessoa adulta não passam nem perto de serem supridas. Com isso, o emagrecimento (nada saudável) é certo, porém não se pode viver de papinha a vida inteira e, assim que a pessoa volta a atender a demanda do corpo, o efeito sanfona entra em ação.

Publicidade

3. Dieta de Beverly Hills

Esta dieta maluca consiste em passar um período consumindo apenas frutas, outro apenas carboidratos não-refinados e outro apenas proteínas. Logicamente, com o baixo consumo de calorias, o peso corporal tende a diminuir, porém os efeitos após a dieta podem não ser desejáveis.

4. Ar

Pode até parecer brincadeira, mas esta dieta se resume a colocar a comida no prato e, ao invés de comer, apenar cheirar. O intuito é proporcionar satisfação ao cérebro apenas pelo aroma.

5. Dieta de Jesus

O nome é bem sugestivo. Os usuários dessa, nada convencional, dieta se limitam a consumir apenas alimentos que em algum momento sejam citados na Bíblia. Sem a nutrição correta, o corpo tende a voltar ao peso quando a alimentação volta ao normal.

Publicidade

Escrito por Higor Mendes

Redator com três anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.