in

A dona da famosa ‘casa da mãe Joana’: a identidade da mulher que deu origem à expressão

A dona da casa que toda mãe pergunta se pensamos que estamos lá teve sua identidade revelada.

Hulton Archive

Quem nunca ouviu falar na famosa casa da mãe Joana, não é mesmo? Um lugar onde supostamente todos fazem o que querem, não seguem regras e não precisam dar satisfação a ninguém.

Publicidade

Embora pareça mais uma daquelas expressões tiradas da cabeça de alguma vó das antigas, uma pesquisa realizada pelo acadêmico português Teófilo Braga procurou o que teria dado origem a tão popular frase.

O estudioso sugere que a pessoa que deu origem à famigerada expressão casa da mãe Joana tenha sido a nobre Joana I, de Nápoles, ou como o nome original, em italiano, Giovanna.

Publicidade

Joana nasceu em 1325 e perdeu sua vida aos 56 anos de idade, em 1382, assassinada. Durante sua vida, não só foi a responsável por governar Nápoles na época em que a atual Itália era composta por reinos independentes entre si, como também foi agraciada com os títulos de condessa de Provença e princesa de Acaia, província que hoje corresponde ao território da Grécia quase em sua totalidade.

Publicidade

Gosta de música? Ouça clássicos das décadas de 70, 80 e 90 agora mesmo | CLIQUE AQUI

Publicidade

Publicidade

A condessa era extremamente famosa para sua época e chegou a ser casada quatro vezes, sendo viúva dos três primeiros maridos. Após se casas pela quarta vez, morreu por asfixia sob circunstâncias misteriosas, como conta a história.

Sua popularidade era tamanha que acabou se tornando personagem de um livro onde Alexandre Dumas narra um romance inteiro baseado na princesa de Acaia.

A fama de liberal caiu sobre sua pessoa após a inauguração de um bordel de sua propriedade, em agosto de 1378, em Avignon, época em que Joana viveu na França. Sob sua responsabilidade, as mulheres eram bem tratadas, recebiam salários, comida de boa qualidade e eram protegidas para que não sofressem nenhum tipo de agressão por parte dos clientes, o que acabou lhe rendendo a fama de mãe das meretrizes, ou melhor, mãe Joana.

Publicidade

Escrito por Higor Mendes

Redator com três anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.