in

Cantor sertanejo João Neto está com câncer de tireoide: 7 principais sintomas que jamais devem ser ignorados

O cantor sertanejo revelou recentemente que foi diagnosticado com a doença no mês de dezembro do ano passado.

Reprodução: Extra/Cabeça e Pescoço Fortaleza

O cantor sertanejo João Neto, que faz dupla com Frederico, precisou ser submetido a um procedimento cirúrgico para retirar um carcinoma. A cirurgia foi realizada na manhã da última quinta-feira, 17 de fevereiro. O diagnóstico foi revelado pelo famoso um dia antes, através de um vídeo compartilhado nas redes sociais da dupla.

Publicidade

João Neto relatou aos fãs que descobriu o câncer na tireoide no dia 23 de dezembro de 2021, e que daria início ao tratamento no Hospital de Amor de Barretos, em São Paulo. “Quero tranquilizar vocês, porque é um tratamento bem tranquilo. Graças a Deus não vou precisar de quimioterapia, nada disso. Daqui mais ou menos uns 15 dias já estou ‘on ‘e 100%”, explicou o artista.

Quando alguma coisa não vai bem, o organismo geralmente dá alguns sinais. O câncer de tireoide é um tipo de tumor que, na maioria dos casos, tem cura, especialmente quando o tratamento for precoce.

Publicidade

Portanto, é preciso estar atento aos sinais da enfermidade. Esse artigo vai elencar alguns sintomas de câncer de tireoide que jamais devem ser ignorados.

Publicidade

Gosta de música? Ouça clássicos das décadas de 70, 80 e 90 agora mesmo | CLIQUE AQUI

Publicidade
  • Inchaço na região do pescoço, que ocorre devido ao aumento das ínguas;
  • Caroço ou nódulo no pescoço, que geralmente cresce de forma rápida;
  • Alteração da voz ou rouquidão;
  • Dificuldade para conseguir respirar (sensação de algo preso na garganta);
  • Dor na parte da frente da garganta que pode acabar irradiando para os ouvidos;
  • Tosse persistente que não está acompanhada de uma gripe ou resfriado; 
  • Dificuldade para conseguir engolir ou sensação que tem alguma coisa presa na garganta.

Apesar do câncer na tireoide ser considerada uma enfermidade mais comum a partir dos 45 anos, ao aparecer alguns dos sintomas citados, é importante buscar ajuda de um profissional. Vale frisar que somente o médico pode dar o diagnóstico correto e prescrever o melhor tratamento para cada tipo de caso.

Publicidade
Publicidade