in

Picada de inseto: quando se preocupar e como agir?

Tudo que você precisa saber sobre como agir e quando se preocupar com uma picada de inseto!

Imagem: Dra. Juliana Toma

Infelizmente, uma picada de inseto sempre é algo preocupante, principalmente porque não sabemos ela é venenosa ou pode trazer algum mal à saúde.

Publicidade

Dessa forma, muitas são as dúvidas a respeito de quando é preciso se preocupar, ou até mesmo como agir ao receber uma picada que possa ofender a saúde.

Até porque, infelizmente, esse tipo de informação não é divulgado amplamente dentre as pessoas, o que acaba gerando bastante medo e dúvida.

Publicidade

No entanto, primeiramente, você precisa saber que nem todas as picadas de inseto são prejudiciais à saúde.

Publicidade

Gosta de música? Ouça clássicos das décadas de 70, 80 e 90 agora mesmo | CLIQUE AQUI

Publicidade

Além disso, no caso das picadas prejudiciais, você consegue facilmente muitas das vezes detectar alguns sinais, que indicam a necessidade de uma preocupação, e um agir da maneira correta.

Publicidade

Portanto, para você ficar totalmente por dentro de tudo isso, falaremos tudo sobre picada de inseto, mostrando principalmente quando se preocupar e como agir nesses casos.

Insetos com picadas mais perigosas

Antes de você entender tudo sobre como se preocupar e agir com uma picada de inseto, um dos pontos importantes para ficar por dentro, é a respeito com o grupo de insetos que passam mais perigo.

Dessa forma, estamos falando de insetos onde à picada pode ser bastante prejudicial à saúde e que você deve se manter longe ou em alerta quando houver proximidade.

Até porque, hoje em dia ainda se confunde muito o tamanho do inseto com o poder da sua picada, gerando alerta apenas para aqueles maiores ou mais barulhentos.

No entanto, saiba que isso está longe de ser verdade, onde no grupo dos insetos perigosos, o tamanho não quer dizer nada.

Você verá que algumas das opções que citamos a seguir podem ser minúsculas, mas que possui uma picada que pode causar uma intensa dor, transmitir doenças ou nos casos mais graves, sem um atendimento prévio, levar até a morte.

Para ficar por dentro, veja a seguir quem são os insetos com uma das picadas mais violentas:

Mosquitos

Infelizmente, os mosquitos são um dos insetos que mais causam mortes por picada em todo o mundo.

Para você ter ideia, a Organização Mundial da Saúde (OMS) estimou que a cada 30 segundos uma criança morre pela malária e 500 milhões de casos da malária são relatados a cada ano.

E malária está longe de ser apenas a única doença que pode ser transmitida por esses mosquitos.

Dengue, Febre Amarela, Zika, Chikungunya, são algumas das doenças causadas por insetos.

Por esse motivo, que o cartão de vacina contra diversas dessas doenças, são necessárias para adentrar em diversos países no mundo, principalmente, os que tem altos casos das doenças.

Por fim, vale citar o Aedes aegypti sendo o principal mosquito responsável pela transmissão de várias doenças citadas acima.

Formiga lava-Pés

Com as mais de 2500 espécies de formigas presentes aqui no Brasil, uma de forte destaque, tendo uma picada de inseto muito forte, é a do tipo Solenopsis saevissima (Lava-pés).

Essa formiga possui uma picada de uma intensidade bastante forte, onde o seu veneno pode ser fortemente alérgico, causando infecção secundaria, vômitos e diversos outros sintomas.

Além disso, caso não tratado a tempo, esse tipo de inseto pode levar até mesmo a morte.

Portanto, fique atento a jardins, gramados, quintais, fiações elétricas e interiores de caixas, estes os lugares mais preferidos desse inseto.

Barbeiro

Outro inseto bastante conhecido aqui no Brasil, e pode ter uma picada bastante poderosa é o barbeiro.

Esse tipo de inseto é muito presente aqui na América do Sul, sendo o principal transmissor da Doença de Chagas, que pode afetar o sistema cardiovascular, e se não tratado a tempo, facilmente poderá levar à morte.

Esse inseto é conhecido cientificamente por Triatoma infestans e possui hábitos noturnos, atacando muitas vezes a vítima durante o sono.

Regiões rurais são as mais comuns de ver esse tipo de inseto. Se mantenha atento.

Outras opções que podem oferecer uma picada de inseto bastante forte:

  • Abelhas (em especial a abelha assassina);
  • Vespa-mandarina;
  • Mosca da (berne);
  • Lonomia obliqua (Taturana).

Sintomas de alergia a picada de inseto

Uma das primeiras coisas para entender quando se preocupar com picada de inseto, é os sintomas de alergia.

Geralmente, pessoas com pele mais sensíveis a picadas, podem apresentar alguns sintomas específicos no local.

A alergia a picada de inseto é uma queixa comum no consultório dermatológico. O problema ocorre em pessoas suscetíveis, que apresentam uma hipersensibilidade do sistema imunológico aos antígenos presentes na saliva do inseto, podendo gerar dor, coceira e inchaço na pele, segundo a médica dermatologista, Dra. Juliana Toma.

Por fim, saiba que a alergia a picada de inseto não é nada preocupante, uma vez que geralmente pode melhorar em poucas horas.

No entanto, vale citar que caso a alergia se estenda por 3 dias ou mais, o ideal é procurar um profissional dermatologista para análise.

Quando se preocupar com a picada de inseto?

Por mais que a alergia seja um sintoma bastante comum, dentre os insetos não peçonhentos como formigas, pulgas, alguns mosquitos e entre outros.

Mas, saiba que existe um ponto onde você precisa se preocupar bastante com a picada de inseto, devendo ir imediatamente ao hospital.

Dessa forma, os sinais mais comuns que indicam a necessidade de procurar um médico o mais imediato possível, são:

  • Tonturas ou confusão;
  • Inchaço do rosto e da boca;
  • Extrema dificuldade em respirar;
  • Queda rápida da pressão arterial;
  • Sensação de desmaio;
  • Dores insuportáveis no local.

Se você chegar a ter fortes dificuldades para respirar, saiba que isso é causado principalmente pelo inchaço na região da garganta.

Assim, isso é um sintoma comum em picada de insetos mais agressivos, sendo um caso de extrema necessidade e agilidade, pois existe risco de morte por asfixia.

Por fim, ao chegar ao hospital, os médicos vão aplicar os remédios para cortar o veneno e os demais procedimentos para reverter esse problema.

Saiba que picada de muitos insetos são em intensidades semelhantes a cobras, mostrando a necessidade de uma brevidade na busca de um hospital em possíveis sintomas.

Como agir?

Infelizmente sofreu com uma picada de inseto, e não está se sentindo bem? A melhor opção é procurar ajuda médica.

Até porque, alguns insetos têm a característica de afetar diretamente a corrente sanguínea, o que é necessário o uso de medicamentos específicos para reverter o efeito.

Ou seja, nos casos mais graves, não abra mão da ajuda médica, pois ela pode salvar uma vida.

Já nos casos considerados mais simples, onde cause apenas uma alergia, você pode fazer o uso de pomadas Andantol, Polaryn ou Minâncora, 2 vezes ao dia.

Você pode ainda aplicar gelo no local por 10 a 15 minutos, que pode favorecer principalmente a diminuir o inchaço.

Além disso, os médicos afirmam que a coceira no local pode causar ainda mais irritação na pele, onde você deve evitar isso.

Por fim, em casos de dores mais intensas e desconfortos, o ideal será procurar um clínico geral ou dermatologista.

Considerações finais

Agora que você sabe as principais informações a respeito da picada de inseto, se mantenha atento e tenha os cuidados necessários.

Nos vemos em breve.

Publicidade