in

Alerta: pequenas mudanças que ocorrem no organismo e podem indicar câncer potencialmente fatal

O organismo dá alguns sinais de que algo não está bem. Fique atento aos sinais e busque ajuda precocemente.

Reprodução Milenio

Para uma boa saúde é precisar ter hábitos de vida saudável. Para isso é importante manter uma boa alimentação, rica em frutas, verduras e legumes. Além disso, procurar ter uma boa noite de sono e praticar atividade física regularmente. O sedentarismo e uma alimentação de baixa qualidade podem trazer sérios transtornos ao corpo à longo prazo.

Publicidade

Geralmente, quando algo não está bem no organismo, o corpo avisa com alguns sinais. Infelizmente, o excesso de tarefas que as pessoas têm no dia a dia acabam fazendo com que não percebam esses indícios ou simplesmente ignorem por não achar importante. Mas, em muitas situações, os sintomas podem estar associados a algo mais sério.

Por isso é importante estar atento e buscar ajuda sempre que perceber que algo não vai bem no seu corpo. Na verdade, alterações súbitas do trânsito intestinal podem ser indícios de um alerta preocupante de câncer do cólon e reto. Segundo a médica Belinda Griffiths, do Reino Unido, sintomas como diarreia, obstipação ou mesmo a alternância das duas são os sinais mais comuns da enfermidade.

Publicidade

Contudo, esses não são os sintomas exclusivos desse tipo de câncer. Vale ressaltar que, caso esses sinais sejam persistentes, com duração de três semanas ou mais, é necessário procurar ajuda profissional para passar por uma avaliação. Somente o médico pode dar o diagnóstico correto e indicar o melhor tratamento para cada situação.

Publicidade

Gosta de música? Ouça clássicos das décadas de 70, 80 e 90 agora mesmo | CLIQUE AQUI

Publicidade

Esse artigo vai elencar outros sintomas que podem ser indicativo de câncer do cólon e reto e que muitas pessoas acabam ignorando.

Publicidade
  • Fezes com sangue;
  • Desconforto ou dor por cólicas, sensação de abdômen inchado ou com gases;
  • Sensação de que o intestino não ficou vazio completamente após a evacuação;
  • Consistência diferente das fezes;
  • Cansaço e perda de peso sem motivo aparente;
  • Náusea ou vômitos.

Sempre que apresentar alguns ou mais desses sintomas de forma persistente, busque ajuda de um profissional para uma avaliação.

Publicidade