Homem e mulher marcam encontro, ficam presos em casa por lockdown e decidem se casar

Encontro na casa dele não terminou devido a lockdown de quatro semanas na cidade.

PUBLICIDADE

O primeiro encontro é sempre importante, mas nem sempre sai como esperado. Foi isso que aconteceu com Zhao Xiaoqing e Zhao Fei. Os dois são moradores da cidade de Xianyang, na China. Após o encontro às cegas em que o clima não rolou, eles decidiram se dar mais uma chance e foi aí que a história ficou para lá de curiosa.

PUBLICIDADE

No dia 23 de dezembro, os dois se encontraram na casa de Fei. A ideia era uma nova tentativa de encontro para ver se a química rolava. A noite era para ser agradável, mas durou mais do que os dois poderiam imaginar quando chegaram para este encontro.

O problema todo foi causado pela pandemia do coronavírus. A China adota medidas rigídas para combater a Covid-19. Por este motivo, o país de onde o coronavírus se disseminou para o mundo registrou menos de cinco mil mortes. No Brasil, por exemplo, o número ultrapassa 615 mil.

Encontro de uma noite dura mais de 20 dias

Zhao Xiaoqing e Zhao Fei não sabiam, mas o governo local havia decretado um lockdown severo, proibindo que as pessoas saíssem de casa. Por lá, as regras são cumpridas rigidamente. Os dois não puderam sair e ficaram quatro semanas morando juntos na casa de Fei. Xiaoqing disse estar preocupada, mas se deu bem com a família de Fei.

O lockdown demorado chegou ao fim no dia 14 de janeiro, mas antes disso os dois já haviam  decidido ficar noivos. Ao NY Times, eles informaram que o casamento já está marcado para o período de verão no hemisfério norte. O segundo encontro foi muito melhor do que o primeiro.

PUBLICIDADE