in

Gêmeos são concebidos com uma semana de diferença e pais ficam sem acreditar

Pais ficaram surpresos ao serem informados por médicos sobre a superfetação.

Arquivo pessoal

Tebogo Mokwena e a esposa, Marley, estavam felizes da vida. Marley estava grávida e exames iniciais apontaram que ela esperava dois bebês. Os detalhes chamaram a atenção do casal, que haviam comparecido à consulta médica pensando que esperavam um bebê e com a intenção de saberem o sexo.

Publicidade

O profissional que os atendeu contou que eles estavam esperando filhos gêmeos, mas que os bebês haviam sido concebidos em semanas diferenças. Um dos bebês tinha 14 semanas e o outro, mais novo, tinha 13. Os detalhes foram contados pelo casal em entrevista ao jornal Metro.

Tebogo classifica o momento em que ficou sabendo que seria pai de gêmeos e que os bebês tinha uma semana de diferença como “incrível”. O homem trabalha como jornalista em Polokwane, na África do Sul. Marley trabalha em casa. Os bebês que nasceram saudáveis, com 2,8 kg e 2,9 kg, são a alegria da família. Os meninos se chamam Asher e Adar.

Publicidade

Publicidade

Fenômeno de gêmeos com semana de diferença tem nome

Asher e Adar são a alegria do casal Tebogo e Marley. Atualmente, os bebês têm 15 meses de vida. Depois de saírem do médico com a informação de que teriam dois filhos e que eles havia concebidos com uma semana de diferença, o casal pesquisou na internet e descobriu o nome desse fenômeno: superfetação.

Publicidade

A superfetação é mais comum em animais. Em seres humanos, é algo raro. O nome indica que os dois bebês podem ser concebidos de forma separada, mas no útero eles se desenvolvem juntos. Sem dúvida alguma, uma história incrível envolvendo seres humanos.

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!