in

Idoso é detido tentando tomar 12ª dose da vacina contra a Covid-19: ‘me sinto bem’

O idoso afirmou que não precisava mais usar bengala depois das vacinas.

Mais goiás

A vacinação contra a Covid-19 avança em todos os lugares do mundo. A maioria dos governantes tem se empenhado em vacinar toda a população para inibir o avanço do coronavírus e acabar com a pandemia. Nem todas as pessoas foram alcançadas pela vacina, mas um caso de super dose chamou a atenção de todo o mundo.

Publicidade

Idoso indiano usava várias identidades para tomar as doses

Brahmadeo Mandal, um idoso indiano foi detido quando tentava tomar a  12ª dose da vacina contra o coronavírus. Ele estava em um centro de saúde esperando para tomar mais uma dose da vacina contra a doença. Após investigação, foram confirmadas pelo menos 8 doses aplicadas, mas o idoso de 84 anos afirmou ter tomado 11 doses do imunizante.

Segundo Mandal, ele utilizava identificações diferentes em cada ida ao posto de saúde, além de fornecer o número de telefone de seus familiares. A primeira dose teria sido tomada em fevereiro de 2021, depois disso, ele não teria parado de ir ao posto e enfrentar a fila para a vacinação.

Publicidade

Ele foi detido em um posto de saúde

O funcionário aposentado dos Correios enalteceu o governo se seu país pelo trabalho com a vacinação e afirmou que gosta de ser vacinado. “Depois de tomar as doses, minhas dores no corpo desapareceram. Eu costumava ter dores nos joelhos e andava com uma bengala. Agora não. Me sinto bem“, disse ele em entrevista.

Publicidade

Na Índia, o governo determinou que os cidadãos tomassem duas dose da vacina, com dose de reforço para pessoas em situações de risco, como profissionais de saúde, idosos e pessoas com comorbidades.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Tatiane Braz

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática.