in

Covid-19 X Influenza: especialista explica a diferença entre as duas infecções e como evitar o contágio

Brasil está passando por um surto de gripe, em meio à pandemia do coronavírus, sendo importante saber as diferenças entre os dois.

Reprodução Vix/DiariodeAparecida

Em meio à pandemia do coronavírus, que deixou o mundo em alerta novamente – por causa da variante Ômicron, o Brasil também está enfrentando um surto de influenza H3N2. Os casos têm aumentado e tem se espalhado por todas as regiões do país. O aumento do número de infectados é uma grande preocupação dos governantes.

Publicidade

Devido à semelhança que existem nos sintomas das duas doenças, as infecções podem confundir inicialmente. No entanto, o diagnóstico correto somente pode ser feito através de um teste de antígeno, que especifica com certeza qual o tipo de vírus o que o paciente contraiu. Contudo, especialistas explicam que alguns sinais podem auxiliar na diferenciação das duas enfermidades.

Influenza X Covid: como diferenciar os sintomas

A gripe, como é chamada a infecção causado pelo vírus Influenza, tem sintomas mais agudos nos primeiros dias após o contágio. O paciente contaminado costuma apresentar: calafrios, febre alta, dor muscular, dor de garganta, tosse, mal-estar intenso, coriza, nariz entupido, perda de apetite e irritação nos olhos.

Publicidade

Já nos casos de infecção causados pelo vírus da Covid-19, a pessoa costuma evoluir para uma situação mais grave a partir do sétimo dia, podendo ou não ter uma complicação mais séria. O paciente pode apresentar perda de paladar e olfato, dor no corpo, dor de cabeça, febre, tosse e fadiga muscular, sendo esses sinais mais comuns da variante delta e gama.

Publicidade

No entanto, vale ressaltar que os sintomas da doença não se apresentam da mesma maneira em todas as faixas de idade. De acordo com David Straim, que atua como pesquisador da faculdade de medicina no Reino Unido, as crianças não têm tendência a apresentar sintomas de Covid-19.

Publicidade

“As crianças não apresentam sintomas tão graves e podem apresentar outros sintomas como diarreia, coriza, febre e mal-estar. A mesma doença pode causar sintomas diferentes em grupos de distintas idades”, ressaltou o especialista. Vale frisar que os sintomas podem se manifestar de forma isolado e não necessariamente via aparecer todos de uma vez.

Como evitar a contaminação

Apesar da Covid e da Influenza serem transmitidas através do ar, existe algumas diferenças. O coronavírus tem uma transmissão maior através de partículas expelidas ao tossir, falar ou espirrar. Já o vírus Influenza o risco de contaminação é maior em superfícies contaminadas. Portanto, é importante manter o uso de máscaras e a higienização das mãos com água e sabão ou álcool gel.

Publicidade