in

Mulher vai ao médico com conjuntivite e é diagnosticada com tumor na cabeça

A mulher ainda não sabe se o tumor voltará a crescer. Ela faz ressonâncias semestralmente.

SWNS

Uma mulher foi a uma farmácia para comprar colírio achando que seu problema se tratava apenas de uma conjuntivite. Quando o balconista observou o olho da cliente, aconselhou que ela fosse a um médico para poderem avaliar a situação. Ela acabou decidindo ir ao hospital, onde foi diagnosticada com um tumor atrás do rosto.

Publicidade

Kirsty Drury tem 45 anos e mora em Hertfordshire, na Inglaterra. Após sentir o olho inchado e achar que era só uma conjuntivite, ela foi ao médico para descobrir se tratava de algo sério. Logo depois da suspeita que ela tivesse uma doença no cérebro, foi encaminhada a um neurocirurgião para fazer os devidos procedimentos para descobrir se o caroço era maligno ou benigno. Depois dos exames a paciente foi chamada em uma ala privada para receber os resultados.

Quando os exames foram concluídos, os médicos disseram que até realizarem uma cirurgia para a retirada do tumor não seria possível saber se é benigno. Kirsty foi encaminhada para o hospital regional, em Stoke Mandeville, em Buckinghamshire, onde fez uma tomografia computadorizada.

Publicidade

A britânica foi submetida a um procedimento cirúrgico no ano de 2020 e os médicos que a operaram na época descobriram que seu tumor era benigno. A equipe do hospital conseguiu remover cerca de 80% dele. Depois disso, Kirsty procurou um tratamento para que ele não volte a crescer.

Publicidade

Gosta de música? Ouça clássicos das décadas de 70, 80 e 90 agora mesmo | CLIQUE AQUI

Publicidade

Segundo a mulher, ela realiza uma ressonância magnética a cada seis meses para acompanhar o possível crescimento do tumor, considerando que não foi completamente retirado. Os médicos disseram que não sabem o que farão caso o tumor volte a crescer.

Publicidade

Publicidade