in

Bebê dinossauro perfeitamente preservado é encontrado com postura nunca vista antes; fotos são divulgadas

O fóssil do embrião foi encontrado no sul da China, e pertence a um dinossauro terópode sem dentadura.

National Geographic BrasiL

Uma descoberta anunciada nesta terça-feira (21) repercute no mundo científico. Um bebê dinossauro com pelo menos 66 milhões de anos foi encontrado perfeitamente preservado em uma rocha na cidade de Ganzhou, na China.

Publicidade

Cientistas relataram que o embrião de dinossauro da espécie ovirraptossauro, ou terópode sem dentadura estava preservado quando se preparava para nascer. Bebê Yingliang, como foi nomeado pelos cientistas, é um dos melhores embriões de dinossauro já descoberto.

Segundo a pesquisadora Fion Waisum Ma da Universidade de Birmingham, a posição em que o pequeno embrião estava não tinha sido vista antes em dinossauros, mas parecido com espécies modernas de aves. 

Publicidade

O bebê dinossauro descoberto estava com as costas encurvadas, a cabeça posicionada debaixo do corpo e os seus pés ao lado, como pode ser visto na foto publicada no artigo da revista iScience, em que Ma foi coautora.

Publicidade

Gosta de música? Ouça clássicos das décadas de 70, 80 e 90 agora mesmo | CLIQUE AQUI

Publicidade

Publicidade

O comportamento demonstrado pelo dinossauro tem o nome de dobramento sendo controlado pelo sistema nervoso central do animal, assim como ocorre com os pintinhos que se preparam para eclodir do ovo, que posicionam a cabeça debaixo da asa direita para se manter bem posicionados quando o ovo se quebrar com a ajuda do seu bico o que garante chance de sobrevivência maior.

Embrião de ovirraptorossauros 

A espécie de dinossauro encontrado tinha características diversas, como variados tipos de bicos e alimentação. Alguns possuíam plumagens e o seu tamanho podia se assemelhar ao do peru de hoje ou chegar a altura do Gigantoraptor que tinha mais de oito metros. Chamados também de “lagartos ladrões de ovos”, os ovirraptorossauros eram comum no período Cretáceo Superior onde hoje se localiza a América do Norte e a Ásia.

O embrião foi levado para um museu, o Yingliang Stone Nature History, e tem 27 centímetros da cauda até a cabeça, encolhido dentro de um ovo de 17 centímetros.

Ma e seus colegas acreditam que o pequeno dinossauro tenha entre 66 e 72 milhões de anos. A preservação por tantos anos teria ocorrido por conta de um soterramento provocado por uma enxurrada. Se chegasse a nascer e a vida adulta, a criatura poderia ter até três metros e se alimentaria de plantas.

Segundo o professor Steve Brusatte, da Universidade de Edimburgo, o embrião de dinossauro dentro deste ovo é um dos mais belos fósseis já vistos por ele.

Mais detalhes ainda poderão ser encontrados no bebê dinossauro através de técnicas inovadoras que mapearão todo o corpo que ainda possui parte cobertas por resíduo da rocha.

Publicidade

Escrito por Ariane

Formada em pedagogia em 2011, atuo como redatora desde 2015. Produzo conteúdo sobre o que sou fã. Séries, músicas e tudo que envolve o mundo pop.