in

Homem se safa de golpe do pix no WhatsApp e ainda consegue tirar dinheiro do golpista: ‘Disse que ia ajudar’

O rapaz repassou um verdadeiro tutorial de como dar um contragolpe nos bandidos digitais.

Reprodução

A tecnologia facilitou o contato entre as pessoas, mas não só isso. Hoje em dia, muitos criminosos estão se utilizando do WhatsApp para aplicar golpes e a chegada do Pix ao Brasil facilitou ainda mais a vida desses golpistas.

Publicidade

Para não cair nesses golpes, é importante estar sempre atento e nunca passar o código de confirmação do WhatsApp para outra pessoa, já que é dessa forma que os bandidos conseguem hackear a conta de alguns usuários.

Já um gerente de vendas, que não quis ter seu nome identificado, ensinou uma maneira de como se sair bem de um golpe. Ele percebeu na última segunda-feira (13) que um golpista estava se passando pelo seu tio. O hackeamento da conta do seu parente já tinha sido informado em um grupo da família.

Publicidade

Ao receber uma mensagem do golpista, o rapaz foi dando corda ao criminoso, fazendo-o acreditar que ele estava realmente caindo no golpe. O bandido pediu para que o gerente de vendas fizesse um pagamento para ele que ele não estava conseguindo fazer. O rapaz mandou dois áudios para o golpista, se mostrando preocupado com a situação e disse que só poderia pagar essa conta quando chegasse em casa, já que estava sem crédito e por isso não conseguia entrar no aplicativo do banco. “Disse que ia ajudar, mas que só conseguiria fazer de noite quando chegasse em casa, porque estava sem crédito no celular“, contou o gerente.

Publicidade

O pagamento que o golpista disse que estava tentando fazer era um pix de R$ 2432,00. O gerente de vendas então começou a insistir que estava sem internet e pediu para que o bandido colocasse créditos em seu celular. O resultado dessa história você pode conferir abaixo.

Publicidade

O bandido acabou aceitando a sugestão e colocou R$ 10 de crédito no celular do rapaz. Ao perceber que o seu contragolpe tinha dado resultado, o gerente de vendas agradeceu pelo crédito e foi bloqueado pelo golpista.

Publicidade

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com