in

Inspirado no filho falecido, idoso transforma pontos de ônibus em SC com pintura

João Batista está transformando a comunidade de uma pequena cidade do interior de Santa Catarina.

Arquivo pessoal João Batista / Reprodução Razões para Acreditar

Nove pontos de ônibus da cidade de Imaruí, em Santa Catarina, foram pintados pelo aposentado João Batista Nicolau, de 60 anos. Os locais revitalizados foram transformados em sala de estar pelo pincel do homem que se descobriu artista recentemente.

Publicidade

João Batista tem uma história pessoal triste, que explica as pinturas que vem realizando. Há cinco anos, João perdeu o único filho. O rapaz morreu afogado em Minas Gerais. Durante o período de dor profunda pela perda, o idoso achou um diário do filho.

No diário, o filho escreveu que tinha como sonho pintar a casa onde a família morava com vários desenhos. Hoje, cinco anos depois, o pai deu vida ao desejo do filho, mas pintando os pontos abandonados pela cidade. O projeto de pintura tem apoio da prefeitura e seu João conta com a ajuda de um servidor municipal.

Publicidade

Os moradores da cidade catarinense estão gostando do resultado e o aposentado tem sido elogiado. Ele assume que a inspiração veio do filho falecido. Seu João diz que depois que começou a pintar, vários serviços apareceram, mas ele mantém o foco em terminar de pintar as paradas de ônibus da cidade.

Publicidade

Gosta de música? Ouça clássicos das décadas de 70, 80 e 90 agora mesmo | CLIQUE AQUI

Publicidade

Publicidade

Outra fonte de inspiração foi o ponto de ônibus que ele viu na cidade de Canelinha, Região Metropolitana de Florianópolis. No primeiro ponto, foi o aposentado mesmo quem comprou a tinta. Muita gente gostou e ele não parou mais. Seu João gasta de dois a três dias para pintar cada. O objetivo é finalizar os 20 que há na cidade de 10 mil habitantes.

“Como os pontos estavam todos abandonados, deu um outro visual. A ideia é mudar a visão e trazer uma sensação de alegria e aconchego aos moradores”, explicou ao portal OCP. Outro fato surpreendente é que o aposentado nunca havia pintado nada além da casa da família antes de começar o trabalho pela cidade. Merece todos os elogios.

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!