in

Aos 53 anos, Mulher dá à luz gêmeos com dois anos de diferença: ‘Quase idênticos’

O objetivo da mulher era que o filho mais novo tivesse um irmão biológico também.

Reprodução Mercúrio

A chegada de uma criança é sempre motivo de muita alegria na vida dos pais, amigos e familiares. Afinal de contas, é a realização de um sonho para a maioria das mulheres que almejam ser mãe. Algumas mulheres acabam enfrentando dificuldades para conseguir engravidar e recorrem a tratamentos.

Publicidade

Foi por meio de um tratamento feito com a doação de óvulos e espermatozoides que a pequena Tara veio ao mundo no último dia 19 de novembro. A bebê nasceu na Pensilvânia, nos Estados Unidos. Segundo a mãe da recém-nascida, Lan Ma, uma mulher de 53 anos, a garotinha é gêmea do filho que já tem dois aninhos.

Com idade acima dos 50 anos, Lan Ma contou que Tara foi concebida com o auxílio de doadores, tanto de óvulo quanto de espermatozoides no mesmo dia que o irmão Toby, de dois aninhos. Por esse motivo, eles são considerados gêmeos. A mulher também tem mais dois filhos, Thomas, o primogênito de 19 anos, e Tyler, de 17 anos. Ela contou que quis engravidar novamente porque achava importante que o filho caçula tivesse um irmão biológico.

Publicidade

A mulher que agora é mãe de quatro filhos tomou a decisão da maternidade solo no ano 2018 por opção. Como os filhos já estavam mais velhos, ela sentia ter muito amor para dar. Apesar dos dois anos de diferença que existe entre as crianças gêmeas, a americana afirmou que consegue ver traços de semelhança nos gêmeos de idades diferentes.

Publicidade

Segundo a mãe, os filhos são quase idênticos: “Eles parecem quase idênticos, eles têm a mesma cor de cabelo e seus narizes são os mesmos”. Ainda conforme Lan Ma, ela teve que desembolsar uma pequena fortuna para alcançar o sonho de ser mãe novamente.

Publicidade

Ela gastou mais de 135 mil reais com o processo de fertilização que incluiu os óvulos, espermatozoide e medicamentos. Além do tempo que precisou manter o embrião congelado e a realização do procedimento de transferência para o próprio corpo.

Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.