in

Fibromialgia: conheça detalhes sobre a doença, os pontos sensíveis e a forma de detecção da condição

A doença é considerada um problema de saúde pública devido ao grande número de casos.

Reprodução Coluna Campinas

A fibromialgia é uma doença que causa dores intensas e incapacitantes a quem sofre com a condição. Ainda não existe uma forma concreta que consiga fazer o diagnóstico da enfermidade. Portanto, se desconfiar que está enfrentado o problema, o ideal é buscar a ajuda de um profissional, pois somente o médico consegue prescrever o tratamento adequado e dar o diagnóstico correto. 

Publicidade

Um jeito eficiente do profissional saber se realmente a pessoa está sofrendo com a fibromialgia é considerar os ‘pontos-gatilho’. No corpo existe cerca de 20 desses pontos onde a dor acaba acometendo o indivíduo mais intensamente, sendo esses os locais onde a sensibilidade geralmente está mais concentrada. É uma enfermidade conhecida pelos episódios de fortes dores.

Inclusive, nos últimos anos a condição tem ganhado importância, a ponto de ser considerado um grande problema de saúde pública, devido ao crescente número de casos. A enfermidade crônica causa dores generalizadas no corpo. Pesquisadores explicam que a fibromialgia pode ser reconhecida quando o paciente sente dor intensa quando determinada parte do corpo é pressionada.

Publicidade

A dor costuma estar localizada em áreas musculares, apresentando sensibilidade a qualquer contato físico e em alterações bruscas de temperatura. Também vale ressaltar que a condição tem correlação com a privação de sono, rigidez matinal, cansaço, depressão e ansiedade.

Publicidade

Detecção da fibromialgia

Buscar auxílio profissional é extremamente importante caso você apresente alguma sensibilidade maior ao toque ou quando acontecer mudanças de temperatura, pois esses são indícios que a pessoa possa ter fibromialgia. Para se ter a confirmação da doença o paciente é submetido a um exame clínico em que o profissional vai pressionar 18 pontos dolorosos, sendo que 11 precisam ser positivos para que o diagnóstico seja confirmado. Isso quer dizer que o indivíduo tem que sentir dor na região que for pressionada. 

Publicidade

Pontos-gatilho

Os “pontos-gatilho” podem ser detectados pressionando algumas áreas do corpo como a segunda costela, parte frontal das vértebras cervicais, glúteo: na parte superior e externa do músculo, joelhos: na bola adiposa antes de atingir a articulação.

Apesar de a cura não ter sido encontrada, tratamentos podem ajudar na melhora da qualidade de vida do paciente, como a busca por atividades físicas através das ginásticas, dança, natação e hidroginástica.

Publicidade