in

Jovem de 22 anos salva vida da família ao perceber detalhe diferente em joia

A jovem estudante percebeu que algo estava errado ao se deparar com as joias escurecidas.

MSN

Lucy Tomam, uma jovem estudante de química de 22 anos, salvou a vida da família ao observar um detalhe simples em uma joia. Talvez se a situação acontecesse com outras pessoas, o caso poderia ter tido um desfecho bem diferente, mas como a garota entendeu a situação devido aos seus estudos, sua atitude foi crucial para que tudo terminasse da melhor maneira.

Publicidade

A jovem percebeu que as joias de prata estavam ficando pretas. Os pais da estudante, David e Julia, já tinham reclamado sobre um forte cheiro dentro da moradia da família. Eles são moradores de Northamptonshire, na Inglaterra, e o casal somente descobriu que o cheiro estranho dentro de casa era devido a um gás tóxico depois que a filha estranhou a alteração da cor na coloração de um colar.

De acordo com os pais da estudante de química, o cheiro de morte, já havia se espalhado pelo apartamento do casal por dois dias. No começo, eles acharam que poderia se tratar de algo relacionado a tubulação. Por esse motivo, o casal resolveu contratar uma empresa para poder prestar o serviço de limpeza para ralos.

Publicidade

“Limpamos todos os ralos para ter certeza de que não era um entupimento”, contou o casal durante uma entrevista concedida a mídia local. O trabalho realizado pela empresa não adiantou em nada, pelo contrário, o cheiro estranho começou a aumentar. Lucy, que estuda e trabalha, chegou em casa e notou que as joias de prata estavam ficando manchadas e pretas. Foi quando a jovem recordou de uma aula que teve sofre sulfeto de hidrogênio.

Publicidade

Conhecido pelo forte odor, o gás tóxico, promove a oxidação da prata fazendo com que fique preta. Uma dosagem alta dessa substância pode provocar um colapso no organismo, levando a paralisia respiratória, convulsão, cianose, arritmia cardíaca e pode ocorrer a morte do indivíduo em poucos minutos. Já em concentrações baixas, pode provocar irritação nos olhos e trato respiratório e como resultado a pessoa pode ter tosse, falta de ar e dor de garganta. A família acionou o Corpo de Bombeiros e apesar da exposição ao gás tóxico o caso não teve graves consequências.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.