in

Dono de Café impacta com atitude e oferece emprego ao ladrão que o roubou: ‘Estava com fome’

O homem devolveu o dinheiro pela comida que levou e deixou um bilhete se desculpando e alegando que estava com fome.

Instagram @alibabar_2.0

Há pessoas que subtraem bens dos outros por mera satisfação e preguiça de obter dinheiro trabalhando, mas há pessoas que o fazem por desespero, por não terem o que comer ou dar de alimento a um dependente, como um filho.

Publicidade

Um caso desse tipo aconteceu em Pistoia, na Itália. Um funcionário do Café Alibabar deixou alguns brioches fora do cesto em que costuma guardar massas. Instantes depois, ao retornar, os brioches haviam desaparecido.

No dia seguinte, um homem foi até o local sem que ninguém visse e deixou dinheiro correspondente a todos os salgados que comeu, e um bilhete em que pedia desculpas por pegar os brioches sem pagar, mas alegou ter muita fome e não podia pagar por eles. Assim que conseguiu algum dinheiro, fez questão de pagar ao estabelecimento e deixar o bilhete que dizia: “Olá, com licença. Outra manhã eu estava com fome e não tinha dinheiro. Obrigado”.

Publicidade

Publicidade

Cientes de que o homem estava sendo sincero e envergonhado pelo que fez, decidiram que não iam denunciar o caso ou algo do tipo. Eles decidiram compartilhar a história nas redes sociais com a finalidade de encontrar o homem novamente e lhe oferecer um emprego.

Publicidade

O dono do Alibabar disse em outra publicação direcionada a pessoa que levou os brioches: “Agradecemos seu gesto. Gostaríamos de ajudá-lo de alguma forma. Estamos ansiosos por isso! A mensagem é anônima, mas fazemos um apelo: preparamos uma oferta de trabalho para você como assistente de confeiteiro, venha nos visitar no bar”.

Maurizio Milani, dono do Café, disse que é comum as pessoas pedirem comida no local e eles pedem que os interessados retornem no fim do dia, quando doam a comida que sobra. Ele também disse que se soubesse quem foi que levou os brioches e depois os pagou, devolveria o dinheiro, pois entende que a pessoa o fez por sentir muita fome e em seu lugar teria feito o mesmo.

A publicação do caso na rede social do Café Alibabar repercutiu tanto que chamou a atenção do empresário Filippo Fondatori, dono de uma rede de lanchonetes e cafés na Itália. Ele procurou Milani para ajudá-lo a encontrar o homem misterioso, pois também queria lhe oferecer um emprego.

Agora os donos dos dois estabelecimentos tentam localizar o homem para o recompensar por sua sinceridade. Filippo declarou: “As pessoas querem ouvir boas notícias e, acima de tudo, saber que o mundo está cheio de pessoas honestas dispostas a se ajudarem sempre que necessário”. O caso repercutiu dentro e fora da Itália e a busca continua.

Publicidade

Escrito por Guti M

Redator de entretenimento e curiosidades