in

Mulher infectada por bactéria comedora de carne tem barriga apodrecida após cesariana

Ela conta que acordou da cirurgia e viu tubos sugando a parte infectada da carne.

Mirror

Uma mulher de 41 anos passou a enfrentar um delicado problema depois de dar à luz. Depois de uma cesariana de emergência, ela acabou sendo infectada por uma bactéria comedora de carne que afetou sua barriga.

Publicidade

Sarah Humphrey tem seis filhos e precisou ficar pouco mais de dois meses internada em um hospital depois de trazer sua filha ao mundo, pois havia sido infectada pela bactéria mortal e teria que ser tratada pelos médicos. 

Os cinco filhos anteriores da mulher nasceram de parto normal e sem nenhum problema. Depois de descobrir a gravidez da caçula, Humphrey recebeu o diagnóstico de que estava acometida por uma disfunção sínfise púbica. Essa condição costuma provocar dores agudas ao redor da pelve, períneo e parte inferior das costas.

Publicidade

Por causa do problema diagnosticado, Sarah agendou a cesariana e, às 39 semanas de gravidez, deu á luz. Ela conta ter ficado bastante apreensiva com a operação porque nunca havia feito uma cirurgia antes.

Publicidade

Apesar de a operação ter ocorrido como esperado e o bebê ter vindo ao mundo saudável, Sarah disse ter notado algo estranho, um cheiro ruim vindo da cicatriz, que ela descreveu como de “carne podre”. 

Publicidade

A cicatriz de Sarah tinha sido infectada por fascite necrosante pela bactéria comedora de carne, que podem provocar a morte da pessoa acometida caso esta não receba o tratamento adequado quanto antes.

Sarah precisou ser submetida a outra operação, desta vez para limpar a carne da bactéria. Ela relata que quando retomou a consciência após o procedimento, se deparou com um tubo sugando a parte apodrecida. Felizmente, a mulher tem conseguido se recuperar bem em casa.

Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.