in

Febre maculosa: o que é e como é transmitida doença que pode ter matado dois PMs no RJ

Primeiro-sargento e cabo da Polícia Militar morreram com suspeita da doença.

Arquivo pessoal Cabo Amaral / Reprodução Research Gate

As mortes do primeiro-sargento Carlos Eduardo da Silva e do cabo César Coutinho do Amaral, da Polícia Militar do Rio de Janeiro, podem ter sido causadas pela febre maculosa. A morte do cabo Amaral foi confirmada no fim de semana. Ambos participaram de um treinamento da PM dentro de mata no Curso Operações de Polícia de Choque.

Publicidade

O primeiro-sargento Silva era instrutor no COPC. A PM informou em nota que havia possibilidade de as mortes terem sido causadas pela febre maculosa. De acordo com a corporação, o cabo Amaral passaria por exames no hospital da Fundação Oswaldo Cruz. Outros policiais que participaram do treinamento estavam sendo acompanhados.

Na quinta-feira, a PM havia informado em boletim interno que o curso do COPC estava suspenso até segunda ordem. O texto foi assinado por Luiz Henrique Pires, coronel e secretário da Polícia Militar, e também pelo diretor-geral da corporação.

Publicidade

Febre maculosa

Doença infecciosa, a febre maculosa é transmitida pelas bactérias do gênero Rickettsia. No Brasil, segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde, há duas bactérias mais comuns. A Rickettsia rickettsii é mais encontrada no norte do Paraná e em estados da região sudeste, com destaque para Minas Gerais.

Publicidade

A Rickettsia sp é mais encontrada na região da Mata Atlântica. Os sintomas costumam ser mais leves. O ciclo de transmissão da febre maculosa se inicia com um carrapato infectado com a doença que pica uma capivara. A capivara passa a carregar a doença e infecta os outros carrapatos que a picar. Os carrapatos contaminados podem infectar os seres humanos.

Publicidade

Os sintomas da febre maculosa são variados: manchas na pele, dor no corpo, náuseas, diarreia, vômitos, dor de cabeça, insônia, dor no fundo dos olhos e febre. Sessenta por cento dos infectados com a doença morrem.

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!