in

Policial recebe ligação de criança de 4 anos e é pego de surpresa: ‘Tenho alguns brinquedos para você’

A ligação chamou atenção dos policiais que foram até a casa para conhecer o pequeno e os brinquedos.

Reprodução/G1 + Polícia da Nova Zelândia via AP

Um episódio ocorrido na cidade Invercargill, na Nova Zelândia, chamou a atenção nas redes sociais no dia 15 de outubro deste o ano. A polícia local recebeu uma ligação de uma criança de apenas quatro anos dizendo ter brinquedos para eles.

Publicidade

Os policiais atenderam ao chamado do pequeno e o agente identificado como Kurt compareceu ao local, confirmando que os brinquedos eram muito legais. O áudio da ligação e a foto da criança foram divulgados pela polícia nas redes sociais, mas o nome do pequeno não foi revelado. Na foto tirada a criança aparece sentada no capô da viatura sorrindo ao lado de Kurt.

A polícia aproveitou a publicação para dizer que não incentiva que crianças utilizem o número de emergência se não tiverem alguma urgência, mas ressaltou que o chamado era: “fofo demais para não ser compartilhado“. Além disso, contou que o pequeno viu a viatura de perto e o policial acendeu as luzes para ele durante a visita.

Publicidade

A ligação da criança

O áudio divulgado mostra toda a conversa da criança com a polícia, revelando toda a ‘fofura’ do chamado inusitado. O pequeno demonstra estar um pouco acanhado e demora um pouco para dizer, surpreendendo o policial ao afirmar: “Tenho alguns brinquedos para você“.

Publicidade

O policial foi pego de surpresa e perguntou se ele tinha mesmo alguns brinquedos para ele e o pequeno o convidou para ir vê-los. Neste momento, um adulto pega o telefone da criança e diz que a ligação foi um erro, contando que o menino estava ajudando a mãe enquanto ela estava doente. 

Publicidade

Mesmo assim, a polícia decidiu enviar uma viatura até a casa da criança e contou para o policial que um menino de quatro anos queria mostrar seus brinquedos para os policiais. Pouco depois, o policial Kurt utilizou o rádio para dizer que o pequeno tinha alguns brinquedos legais, além de afirmar que teve uma conversa com a criança sobre o uso correto do número de emergência: “bom bate-papo educacional“.

Publicidade