in

Já ouviu falar em trombose hemorroidária? 3 em cada 4 pessoas poderão sofrer com a doença em algum momento da vida

Segundo pesquisa, 75% da população acima dos 45 anos já sofreu ou irá sofrer com hemorroidas em algum momento da vida.

emc.id

As hemorroidas são uma condição dolorosa e às vezes até perigosa. Se não forem tratados, podem causar dor e sangramento durante as evacuações. Se você nunca passou por essa condição, é importante entender suas causas e como evitá-las no futuro.

Publicidade

Muitas pessoas sofrem com a trombose chamada hemorroidária, uma doença que ocorre, especialmente, quando uma hemorroida interna ou externa se rompe ou é comprimida repetidamente pelo ânus, fazendo com que o sangue dentro dela se acumule e crie um coágulo, causando muito inchaço e dores intensas. Essa coagulação acontece a partir de um rompimento ou compressão de uma hemorroida interna ou externa já existente na região.

De acordo com National Institute of Diabetes and Digestive and Kidney Diseases, o instituto norte-americano que trata doenças digestivas e diabetes, 75% da população acima dos 45 anos já sofreu ou irá sofrer com hemorroidas em algum momento da vida.

Publicidade

Uma das causas mais comuns de hemorroidas é a prisão de ventre. Se você não estiver eliminando os resíduos do corpo em tempo hábil, pode ter evacuações incompletas, o que faz com que as fezes sequem. Quando as fezes duras passam pelo reto, podem danificar os tecidos do canal anal. Posteriormente, seu corpo reage a esse dano criando uma área circundante de tecido cutâneo extra para protegê-lo. É aqui que se formam as hemorroidas.

Publicidade

Outro fator muito comum é ficar sentado por longos períodos de tempo. Mas existem muitos outros fatores que também podem contribuir para o seu desenvolvimento. Pessoas que costumam realizar muito esforço físico diariamente podem ser acometidas pela doença, mas também pode ocorrer em consequência de uma má higiene anal.

Publicidade

Fazer mudanças simples no estilo de vida pode ajudar a proteger contra essa causa comum de condição dolorosa.

Mantenha-se bem hidratado durante o dia. Isso impedirá que você fique muito desidratado, um fator de risco importante para hemorroidas. A água é uma forma natural de reduzir a inflamação e prevenir a constipação.

Dê maior prioridade à evacuação se sentir necessidade de ir. Certifique-se de fazer uma pausa de sua mesa a cada hora ou mais e, se possível, faça uma curta caminhada para relaxar os músculos e estimular a circulação. Fique de pé e use as escadas em vez do elevador para reduzir o tempo que você passa sentado.

Se você deseja ser ver livre dessa condição, certifique-se de fazer as mudanças necessárias em sua dieta. Por exemplo, tente comer mais alimentos ricos em fibras, como vegetais e grãos inteiros. Adicionar mais água à dieta também garantirá que os resíduos sejam empurrados para fora do corpo, facilitando o caminho para as fezes duras e reduzindo potencialmente a ocorrência de hemorroidas.

Para algumas pessoas, as hemorroidas podem ser uma condição crônica que requer cuidados e tratamento frequentes. Neste caso, a avaliação médica é mais indicada.

Publicidade

Escrito por Anna Müller

Bastante ativa nas redes sociais, escrevo conteúdo sobre os mais diversos assuntos para a plataforma i7 Network.