in

É normal ter a calcinha descolorida por corrimento? Especialista explica quando é preciso se preocupar

Vídeos na internet falando sobre o assunto viralizaram nas redes sociais deixando muita gente preocupada.

Toda Mulher

Um tema relacionado a saúde da mulher abriu uma discussão na internet depois que vídeos compartilhados no TikTok mostraram algo curioso. Em várias postagens, mulheres estavam comentando sobre uma descoloração que surge no fundo das calcinhas após ser usada por um tempo. Apesar de muita gente ver isso como um problema, existe uma explicação natural para isso.

Publicidade

Afinal de contas, calcinha manchada por corrimento é indicativo de alguma doença? Essa é uma dúvida que ronda a cabeça de muita gente. O fato é que a secreção é algo absolutamente normal do aparelho reprodutor feminino. No entanto, o tema ainda é cercado por tabu e está frequentemente envolto em desinformação.

Um exemplo disso foram os vídeos compartilhados na plataforma TikTok. As postagens insinuavam que as manchas na calcinha indicariam algum tipo de problema de saúde e até mesmo uma higiene inadequada, ou seja, a hipótese levantada pelos internautas passou longe da explicação verdadeira para o fenômeno.

Publicidade

A verdade é que o corrimento vaginal não é um problema a não ser que comece a apresentar cor ou cheiro diferentes do habitual. Inclusive, as manchas na calcinha que são provocadas por ele também não são motivo de preocupação. A especialista no assunto, a médica ginecologista e obstetra Cynthian Van Tol Duarte, explicou que a secreção é uma reação do tecido, que tem uma composição com propriedades curiosas.

Publicidade

A especialista explica que o órgão feminino tem lactobacilos, que são bactérias que são parte da flora vaginal. Elas produzem o acido lático, responsável por deixar o pH local mais ácido com o intuito de proteger contra enfermidades. Portanto, quando a secreção entra em contato com o forro da peça íntima, pode provocar a descoloração do tecido. A médica deixou bem claro que isso não é indicativo de nenhuma doença.

Publicidade

Vale ressaltar que não observar essa situação também não dever ser motivo de preocupação. Caso isso não aconteça, pode ser porque a secreção não foi suficiente para entrar em contato com a peça íntima.

Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.