in

Dor nos seios: 7 razões que podem causar o problema e quando é preciso buscar ajuda

Muitas mulheres acabam associando a dor na região dos seios ao câncer, mas não é bem assim.

Divulgação / Médico Responde

Dor nos seios pode ser sinal de alerta para doença grave, mas, na maior parte dos casos, costuma ter relação com alterações hormonais do organismo, como aquelas que acontecem durante o ciclo menstrual, gestação e no período em que a mulher está amamentando. Algumas mulheres acreditam que a dor na região está sempre ligada ao câncer de mama e isso pode gerar preocupação.

Publicidade

No entanto, na maioria das vezes, a dor nos seios não está associada a esta enfermidade. Portanto, para evitar pânico é bom conhecer outras situações que podem deixar a região dolorida. O sintoma pode acometer a mulher em qualquer momento da vida, pois é um indício comum de mudanças hormonais.

A sensibilidade ou inflamação no local antes ou depois do período menstrual há algo em comum. Vale ressaltar que, se a dor é frequente, é importante buscar ajuda médica, pois somente o profissional pode fazer o diagnóstico correto e prescrever o melhor tratamento.

Publicidade

Causas hormonais

A TPM costuma provocar dor nos seios, e algumas mulheres sofrem com esse sintoma o ciclo inteiro. O motivo é a mudança brusca nos níveis dos hormônios feminino, ou seja, após o fim do período a tendência é normalizar.

Publicidade

Gravidez

A dor no seio é um dos primeiros sintomas de uma gestação. No geral, a mulher fica o primeiro trimestre gestacional com a região bem dolorida. Também pode surgir veias azuis no local que indicam um aumento do fluxo de sangue.

Publicidade

Lactação

A mulher que tem um bebê também apresenta dor no seio, devido à produção de leite. Isso independe se ela está amamentando a criança ou não. No entanto, é necessário ficar atento, pois se a dor ficar muito forte pode indicar um caso de mastite.

Mastite

A condição é uma inflamação que acomete a glândula mamária, que acaba acontece em virtude de uma obstrução de alguns condutos do seio. O problema pode ser gerado por fungo, bactéria ou vírus, sendo os sintomas comuns: febre, dor e vermelhidão.

Cistos nas mamas

São um tipo de saco cheio de líquido, que se forma no interior dos seios. Podem surgir quando as glândulas mamárias normais acabam crescendo, e podem aparecer um ou mais cistos. Na maioria dos casos é benigno e tem como característica a dor.

Abcessos

São o acúmulo de pus que acomete o tecido da mama, sendo uma condição que pode provocar bastante dor nos seios. É possível conseguir sentir os abcessos ao examinar a região afetada.

Câncer de mama

Muitas mulheres acabam associando a dor nos seis ao tumor na região, mas não é bem assim. Na verdade, esse sintoma é o que mais demora a surgir em um câncer de mama. Se o problema for detectado logo no começo, é possível que a paciente nem chegue a ter dor no local.

Publicidade