in

Homem processa vidente por não tirar maldição de ex-namorada e pede indenização; compreenda o caso

O homem realizou o pagamento acreditando nas palavras da suposta coach de relacionamentos.

O Povo

Um homem acabou indo parar no tribunal após abrir um processo contra uma suposta vidente por se achar enganado. O motivo seria a mulher não ter removido a suposta maldição que, segundo ela, havia sido colocado no casamento do cliente por uma antiga companheira.

Publicidade

Para entender melhor essa história, Mauro Restrepo é um americano que mora na cidade de Los Angeles, no estado da Califórnia. Ele foi até uma suposta vidente chamada Sophia Adams para pedir ajuda, afirmando que seu casamento estava em uma fase ruim e queria algo para resolver o problema.

Sophia, depois de ler as cartas de tarô, disse a Mauro que o momento ruim que ele estava vivendo em sua relação era porque sua ex-namorada, de nome não revelado, havia pedido a uma bruxa para colocar uma maldição sobre o casamento. O homem se deixou levar pela conversa.

Publicidade

Sophia pediu dinheiro para Mauro prometendo que iria tirar a “maldição” de seu casamento e que ele viveria feliz novamente com a esposa. Além disso, ela falou que o americano teria sua família arruinada se o “azar” não fosse removido. O homem, crente nas palavras da suposta vidente, entregou-lhe a quantia de mil dólares, equivalentes a mais de R$ 5 mil.

Publicidade

Após não ver melhoras no atual relacionamento, Mauro decidiu processar Adams por fraude, afirmando que ela não o ajudou de forma alguma com seu problema. Agora, ele pede na Justiça a quantia de 25 mil dólares (mais de R$ 100 mil) de indenização. Os autos do processo contam detalhes sobre a história, que tem circulado o mundo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.