in

Quantos e quais exames de ultrassonografia devem ser feitos durante a gestação

Confira quais exames precisam ser feitos durante o pré-natal de uma gestante.

MedPrev

Assim que a mulher descobre a gravidez, a primeira coisa que quer fazer é um exame de ultrassonografia para ouvir o coração do bebê e saber se está tudo bem com a gestação, mas, afinal de contas, quantas e quais ultrassons devem ser feitas durante a gravidez no pré-natal?

Publicidade

Como funcionam os exames no pré-natal

Conforme o Ministério da Saúde é recomendado que uma gestante visite seu médico obstetra pelo menos 6 vezes antes do parto. Mas, esse número pode variar dependendo de como a gestação evolui. Nas consultas de pré-natal serão indicados os exames obrigatórios para cada período da gestação. Também são nestas consultas que as dúvidas da mamãe serão esclarecidas e a categoria de parto será definido.

Mas, quando as ultrassons devem ser feitos? Estima-se que durante os nove meses sejam feitos ao menos quatro exames de ultrassonografia principais. O primeiro deve ser feito entre 5 e 8 semanas de gestação. Nesse exame serão verificados quantos bebês estão se formando, e a partir da (6.º) semana de gravidez, já dá para ouvir o coração do bebê, outra situação que é vista nesse exame é o local de desenvolvimento do feto, se é no útero, ou nas trompas.

Publicidade

O segundo exame, chamado de ultrassonografia morfológica, precisa ser feito entre 11 e 13 semanas e seis dias de gestação. É nesse exame que são rastreadas algumas possíveis anormalidades na nuca do feto. A morfológica mostra se existe alguma alteração genética no bebê, principalmente a síndrome de Down.

Publicidade

A partir da 16ª semana já dá para saber o sexo do bebê

A partir da (16º) semana já dá para determinar o sexo do bebê no exame, então alguns pais gostam de realizar uma ultrassonografia, antes do terceiro exame recomendado para descobrir o sexo, outros pais mais ansiosos realizam a sexagem fetal, a partir da 8º semana de gravidez para saber o gênero com antecedência.

Publicidade

É na terceira ultrassonografia que acontece entre 20 e 24 semanas que é possível ter certeza do sexo do bebê, além disso, é nesse exame que são verificados os riscos de má formação, doenças genéticas, condições da placenta e do líquido amniótico. Nesse período o médico também pode solicitar um exame de ultrassom transvaginal, onde é medido o colo do útero, para avaliar se existe o risco de parto prematuro, quanto menor o colo do útero, maiores os riscos de o bebê nascer antes do tempo.

O ultrassom obstétrico acontece entre as 28 e 32 semanas de gestação. Nesse exame é verificado o crescimento e peso do bebê, o funcionamento da placenta e a revisão morfológica. Esse último exame indica que está chegando a hora do parto! Para os papais ansiosos em conhecer o rostinho do bebê, existe a opção da ultrassom 3D e 4D que mostram perfeitamente as feições do bebê ainda no útero!

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Tatiane Braz

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática.