in

Morador de rua idoso tremia de frio no metrô a caminho do albergue, e gesto de jovem transforma seu dia

Após o jovem tirar sua camisa e agasalho para dar ao idoso, que não parava de tremer de frio, outros passageiros resolveram ajudar o homem também.

Aureo Villagra/Montagem Guti M.

Se nos dias de inverno, mesmo agasalhado, é possível sentir o efeito do frio, imagine para uma pessoa que não tem roupas para se agasalhar. Infelizmente, muitos moradores de rua acabam falecendo em decorrência de hipotermia nos dias frios.

Publicidade

Apesar do clima gelado, algumas energias são quentes e contagiantes, sendo que a solidariedade é uma delas. Um idoso, que vive em situação de rua, embarcou em uma composição do metrô para ir em um albergue, para passar a noite lá e não no frio das ruas.

O homem estava sem camisa no vagão, tremendo de frio, enquanto todos os outros passageiros estavam bem agasalhos, distraídos e indiferentes ao que o idoso estava passando. Um jovem viu a cena e não conseguiu ficar de braços cruzados. Mesmo sentado a uma distância considerável do passageiro com frio, ele decidiu se levantar e tomar uma iniciativa.

Publicidade

Ele caminhou até o idoso, tirou sua blusa e camisa e ajudou a vestir o idoso, que sorriu de alegria por alguém ter o notado e ajudado a amenizar o seu frio. O jovem ajudou o homem a se vestir, para garantir que ele ficaria agasalhado. Com o gesto do jovem, filmado por outro passageiro, outras pessoas notaram a presença do homem no vagão e decidiram fazer algo.

Publicidade

Assim que o jovem saiu de frente do idoso, deixando-o agasalhado, um homem foi até o homem e lhe deu um lanche e uma garrafa com uma bebida, aparentemente, refrigerante. Uma senhora, sentada ao lado do idoso tem uma iniciativa incrível: ela abre a bolsa e tira um pano para higienizar as mãos do idoso com álcool para que ele coma em segurança. O homem ficou muito feliz com o gesto. A pessoa que filmou cumprimentou o idoso antes de desembarcar e o homem, muito simples, abriu um sorriso cheio de empatia.

Publicidade

O vídeo logo ganhou quase 300 mil visualizações em apenas seis dias, após o executivo Aureo Villagra o compartilhar em seu perfil do Linkedin. Não se sabe o nome do idoso ou do jovem que fez a boa ação, ou o nome das outras duas pessoas que se contagiaram com essa corrente do bem. O que se sabe é que possivelmente depois de muito tempo, aquele ser humano que tremia de frio ao se dirigir a um albergue, pôde ser notado em meio a predominância da indiferença humana com a dor alheia.

Uma boa ação, foi o pontapé inicial para que outras pessoas se mobilizassem e o vídeo pudesse viralizar em vários países, aquecendo os corações de quem acredita que sempre existirá pessoas boas, basta ser uma delas.

Publicidade

Escrito por Guti M

Redator de entretenimento e curiosidades