in

Estudantes atravessam rio dentro de sacos plásticos para irem à escola após inundações

Essa foi a única forma encontrada por pais e professores para que crianças cheguem secas na escola após inundações.

Nation

Enquanto muitos estudantes estão sempre buscando um bom motivo para faltarem a escola, cerca de cinquenta crianças que moram no vilarejo de Huoi HÁ, na província de Dien Bien, no Vietnã, se arriscam em um rio para conseguirem chegar à escola.

Publicidade

Com as chuvas, o vilarejo costuma ficar ilhado, pois o rio sobe muito e não é seguro usar barcos e jangada, método de transporte utilizado nas épocas do ano em que não há cheias do rio.

Para que meninos e meninas consigam frequentar as aulas no período das chuvas, o líder do vilarejo junto com outros homens, colocam as crianças dentro de sacos plásticos e os levam até a margem, correndo risco de tanto crianças, quanto homens, serem carregados pela correnteza.

Publicidade

O trabalho árduo dessas crianças para estudar não termina quando conseguem chegar do outro lado da margem secos: eles ainda precisam caminhar horas até chegar na escola. Após as aulas, precisam fazer o mesmo caminho longo e esperar sua vez para serem atravessados em segurança pelo rio cheio.

Publicidade

Vo A Giong, chefe da aldeia em que as crianças vivem, declarou: “Agora este rio é muito perigoso, meus parentes costumam levar as crianças de jangada, mas agora não é possível usá-las. Espero que o estado invista em pontes suspensas em breve, para que as pessoas possam atravessar com mais conforto”.

Publicidade

Ngyuen Thi Thuy, diretora da escola, disse que professores e pais de alunos têm feito o possível para ajudar as crianças a continuarem a frequentar as aulas, mesmo diante de tamanha precariedade na locomoção até o local. “As chuvas e inundações tem separado o povo”, declarou Ngyuen.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Guti M

Redator de entretenimento e curiosidades