in

Idoso é dado como morto e colocado em saco plástico pelo SAMU, mas é salvo por repórter que percebe movimento

Repórter e policiais realizaram massagem cardíaca na vítima durante o socorro.

Record TV | Montagem Ingrid Machado

Um caso inusitado foi registrado em Araguaína, no norte do Tocantins, na última terça-feira (29). De acordo com o site G1, um idoso passou mal enquanto pilotava uma moto na rodovia e foi dado como morto por uma equipe do SAMU. Após ter o óbito constatado, a vítima de 71 anos chegou a ser colocada em um saco plástico.

Publicidade

A unidade móvel do SAMU deixou o local e policias realizavam os trâmites burocráticos quando perceberam uma leve movimentação no saco plástico. O repórter Giovanni Pereira que fazia uma matéria no local do acidente realizou massagem cardíaca no idoso que acabou respondendo ao socorro. A unidade do SAMU retornou ao local e socorreu a vítima.

A Secretaria da Saúde de Araguaína se manifestou e afirmou que o SAMU deixou o local após o óbito ter sido constatado pelo médico plantonista. O órgão afirmou que as circunstâncias do caso serão apuradas. Giovanni Pereira deu detalhes sobre o socorro prestado ao idoso.

Publicidade

Quando eu cheguei o saco já estava fechado. Eu estava registrando as imagens e um policial percebeu o saco se mexer. Abriram e eu vi que tinha uma bolhinha de ar saindo pelo canto da boca dele. Eu fiz a massagem por uns 10 minutos, na intuição de ajudar“, disse o repórter, que ainda afirmou acreditar que tudo se tratou de um “milagre“.

Publicidade

O idoso foi levado Hospital Regional de Araguaína com vida. De acordo com o programa Balanço Geral, o repórter contou que teve notícias do idoso e afirmou que ele estaria se recuperando bem. Giovanni destacou que felizmente estava no local certo e na hora certa.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade