in

Fome emocional: o que é e dicas para vencer esse problema que pode causar danos à saúde

A alimentação emocional é um problema que faz as pessoas consumirem mais nutrientes do que deveriam.

Correio do Povo

O processo de alimentação emocional tem a raiz baseada no consumo de alimentos não para que a fome seja saciada, mas para que o individuo compense algo que está presente ou em falta em seu emocional.

Publicidade

O consumo alto dos alimentos ricos em açúcar, aditivos e gordura trans faz com que as pessoas ingiram alimentos hipercalóricos, e continuem comendo mesmo que já estejam saciados. Esse tipo de situação acaba desencadeando o excesso de peso que pode trazer sérios transtornos a saúde.

O que é fome emocional?

É o consumo baseado na alimentação compulsiva, mas sem a sensação de fome. Isso quer dizer que as pessoas continuam ingerindo o alimento pelo simples fato de achar prazeroso, ou seja, o indivíduo acaba ingerindo além do necessário e isso pode acarretar sérios problemas de saúde.

Publicidade

Como a pessoa está apenas pensando no sabor do alimento e sua satisfação, a ingestão de produtos ultra processados pode se transformar em algo perigoso, já que pode aumentar o risco de doenças. Por isso, é necessário que haja uma dieta com base em alimentos frescos e deixar separado os produtos industrializados para ingestão em momentos específicos.

Publicidade

Como diminuir a alimentação emocional

Não vá fazer compras com fome, pois nesse caso as chances de comprar produtos de qualidade nutricional baixa é maior. Devido a seu ótimo sabor, a chance de ceder a tentação é bem grande. Aumentar a ingestão de fibras também é uma dica preciosa, pois vai contribuir na dieta alimentar, aumentando a sensação de saciedade.

Publicidade

Evitar distração enquanto está se alimentando também é importante, pois se a quantidade consumida não é percebida, perde-se a noção do que está sendo ingerido. Um exemplo muito comum é fazer refeições na frente da televisão.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.