in

Assalto e tiro na cabeça: o dia em que Pedro Bial escapou da morte

Logo após final do primeiro BBB, apresentador viveu um dos momentos mais dramáticos de sua vida.

TV HISTÓRIA / FERNANDO BORGES

O apresentador Pedro Bial é um dos grandes nomes da TV brasileiro. Sucesso hoje com o programa ‘Conversa com Bial’, o comunicador tem histórias surpreendentes. Talvez uma das mais chamativas seja também aquela que reflete um dos piores dias na vida de Pedro: o dia em que ele escapou da morte.

Publicidade

O ano era o de 2002. A Globo e Pedro Bial estavam em festa, afinal, a primeira edição do Big Brother Brasil havia acabado de chegar ao fim. Novidade no Brasil, o reality show vencido por Bambam foi um estouro e, especialmente, uma mudança na vida de Pedro Bial. Àquela altura, ele deixava de vez o setor de jornalismo da Globo e encabeçava o maior projeto de entretenimento da emissora carioca nas últimas décadas. 

Um dia após a final do BBB 1, Bial trafegava com seu carro em uma avenida do Rio de Janeiro, quando bandidos o fecharam e o obrigaram a sair do seu veículo. A partir daí, a narrativa entre “céu e inferno” vivida pelo apresentador se acentua. O contratado da Globo teve até um tiro disparado em sua cabeça, mas, por acaso do destino, sorte ou quem sabe até “Milagre”, a bala apenas passou rente à uma das suas orelhas. 

Publicidade

Após o tiro, Bial se jogou no chão. Em uma entrevista coletiva dada no dia seguinte ao assalto, o jornalista conta que teve o instinto de sobrevivência após ouvir o disparo. Ele se jogou no chão, pôs à mão na cabeça e foi em busca de possível sangue.

Publicidade

Ainda desnorteado, foi para o meio da avenida pedir socorro. Um motorista com uma Kombi o levou até à uma cabine de polícia. Posteriormente, Pedro Bial foi encaminhado a um hospital da região. Nada mais grave além do susto e de uma super história pessoal.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.