in

Cadela morre ao salvar criança de ataque de um pitbull e boletim de ocorrência é registrado: ‘Desespero muito grande’

Cachorrinha chegou a ficar internada por dois dias, mas acabou não resistindo após uma parada cardíaca.

Metrópoles

A família da pequena Larah Milano, de 8 anos, teve um enorme susto no último final de semana, e o cenário de tristeza só não foi maior por conta de uma heroína canina, que acabou se “sacrificando” para salvar a garotinha de um ataque de pitbull. 

Publicidade

Animal de estimação da família, a pequena Lilica, da raça shih-tzu, entrou na frente da criança, enquanto ela corria do ataque do pitbull, que fugira da casa vizinha. O caso foi registrado no último domingo (16), em Bauru, no interior de São Paulo. Socorrida após o ataque, Lilica acabou não resistindo aos ferimentos e teve morte confirmada um pouco antes de receber alta da clínica veterinária. 

Em entrevista ao portal UOL, a psicóloga Thaynara Milano, mãe de Larah, disse que estava com a filha e os dois cachorros de estimação na calçada de frente à residência onde moram, quando foram surpreendidos pela fuga do pitbull, que avançou em direção à menina. 

Publicidade

Antes que o animal do vizinho atacasse Larah, Lilica se colocou na frente da criança e recebeu o ataque do pit bull. Desesperada, Thaynara pegou a filha no colo, a levou para dentro da casa, e foi em busca de ajuda para salvar a shih-tzu. 

Publicidade

“O portão da garagem estava aberto e quando minha filha correu a Lilica foi na direção dela. Ela foi pega pelo outro animal dentro do quintal. Foi um desespero muito grande. Meu outro cachorro, que é filho da Lilica, tentou defendê-la. Ele corria atrás e pulava no pit bull, mas nada o parava”, disse a dona de Lilica. 

Publicidade

Inúmeras tentativas

Ainda segundo Thaynara, diversos vizinhos tentaram ajudá-la, mas o pitbull só soltou a cachorrinha cerca de três quarteirões após a casa da família, quando foi segurado pelo pescoço por dois vizinhos.

Ela relatou que cerca de 30 pessoas tentaram interromper o ataque, utilizando água, paus enquanto outros tentaram segurá-lo.

Lilica foi internada em uma clínica veterinária, apresentou uma evolução no quadro, e quando estava prestes a receber alta, sofreu uma parada cardiorrespiratória e não resistiu. 

A família de Larah registrou um boletim de ocorrência por omissão na guarda de animais. O dono do pit bull se comprometeu a arcar com os gastos, e já removeu o animal da residência. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade